São Paulo

A diferença da rodagem de elenco no ataque do São Paulo

Fotos: Rubens Chiri / saopaulofc

Desde a chegada de Hernan Crespo na equipe, o São Paulo tem rodado muito mais o elenco durante as partidas. É verdade que o técnico argentino não conhecia o elenco de forma mais ampla, mas com todo o tempo que teve para treinar a equipe durante a paralisação do futebol, o treinador foi experimentando os jogadores em suas funções durante os treinamentos.

Nas cinco primeiras rodadas do Campeonato Paulista, 10 jogadores do elenco já tinham balançaram as redes. Ao todo nesta temporada em apenas 11 jogos, 18 jogadores diferentes já marcaram gols pelo São Paulo.

A diferença desses números é a rodagem que Crespo vem implementando na equipe. Na primeira rodada quem foi realmente eficaz e não evitou a derrota para o Botafogo-SP foi o zagueiro Arboleda, mas Crespo iniciou com Luciano e Pablo no ataque.

No duelo seguinte, novamente Luciano e Pablo fizeram a dupla de ataque, mas Rojas entrou e balançou as redes em seu primeiro jogo na temporada. Já contra o São Caetano, quatro jogadores marcaram gols pela primeira vez neste ano: Eder que entrou e marcou em sua estreia, Rodrigo Nestor, Reinaldo e Dani Alves.

Contra o Guarani, com uma equipe alternativa, o São Paulo conseguiu uma grande vitória e mais uma vez outra oportunidade para jogadores diferentes deixarem suas marcas. Welington que marcou pela primeira vez, Igor Gomes e Vitor Bueno, na nova função imposta por Crespo.

Na estreia da Libertadores um time mais completo, porém Luan que vinha de um jogo titular e outro não e Benítez, que havia ficado em campo somente cinco minutos no duelo anterior, estrearam a temporada marcando gols com a camisa do São Paulo pela primeira vez.

A partida contra o Ituano foi mais um exemplo da rotatividade dos jogadores. Hernan Crespo escalou uma equipe diferente e repleta de jogadores que foram formados em Cotia, o que abriu espaço para Rodrigo Freitas e Galeano marcarem seu primeiro gol como profissional com a camisa do São Paulo.

Confira os jogadores que já marcaram nesta temporada:

  • Arboleda – dois gols
  • Gabriel Sara – dois gols
  • Pablo – três gols
  • Luciano- um gol
  • Rojas – três gols
  • Tchê Tchê – um gol
  • Rodrigo Nestor – um gol
  • Reinaldo – um gol
  • Daniel Alves – um gol
  • Eder – dois gols
  • Welington -um gol
  • Igor Gomes – um gol
  • Vitor Bueno – dois gols
  • Luan – um gol
  • Benítez – um gol
  • Rodrigo Freitas – um gol
  • Igor Vinicius – um gol
  • Galeano – um gol

O São Paulo possui 28 gols na temporada, entre eles estão os gols contra de Luan Peres (Santos) e Léo Ortiz (Red Bull Bragantino).

Mesmo com titulares ou jovens que o treinador coloca durante a partida, têm dado conta do recado. Rodar os jogadores e colocá-los durante a partida ou escalá-los de formas diferentes, tem surgido muito efeito neste início. O que não ocorreu tanto na temporada passada, onde Luciano e Brenner eram responsáveis pela maioria dos gols marcados pela equipe. Somente Tchê Tchê com um gol marcado com a camisa do São Paulo não está mais no plantel.

Os jogadores mais jovens do São Paulo têm sido frequentemente utilizados pelo técnico argentino que escala um time titular ora um time alternativo quando é preciso. Ainda assim, a equipe é extremamente ofensiva e demonstra estabilidade, não à toa que é o melhor ataque de todos os clubes que disputam o Campeonato Paulista.

Para saber tudo sobre o São Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top