Guarani

Aal confia em Guarani com ‘futebol bonito’ após retomada do Paulistão

Aal confia em Guarani com 'futebol bonito' após retomada do Paulistão
Crédito: Thomaz Marostegan / Guarani FC

Apesar da paralisação do Campeonato Paulista desde 13 de março por conta do aumento das medidas restritivas no combate à pandemia, Allan Aal acredita ser possível ver ‘futebol bonito’ a partir do momento em que o Guarani for a campo neste domingo, diante do Corinthians.

O treinador usou como argumentou a apresentação coletiva do Bugre no empate sem gols com o São Bento, no Brinco de Ouro da Princesa, onde carimbou a trave em duas ocasiões.

+ Guarani detalha rodagem de elenco em maratona no Paulista: ‘Gradativa’

“Eu acho que esse fator de você jogar um futebol, talvez, não mais vistoso, mas sim com resultado melhor, acaba favorecendo esse tipo de desempenho. A nossa equipe, mesmo sendo intensa, se não me engano, é a segunda que mais troca passes no Campeonato Paulista. É a primeira equipe que tem a maior troca de passes no último terço. É a terceira equipe que menos sofre finalizações do adversário. É sinal que fica mais com a bola”, defendeu Aal.

“Eu vejo que, no último jogo principalmente, citando como exemplo o último jogo, se a gente tivesse aberto o placar com o gol do Andrigo, que a bola acabou batendo na trave, nós poderíamos estar falando aqui de um belo futebol e de um golaço, como a gente costuma falar no futebol. Perdemos algumas chances. Aí o jogo acaba se tornando um pouquinho mais nervoso do que o normal. Quando você consegue o resultado, naturalmente a confiança dos atletas aumenta. A leveza nos atos e nas atitudes dentro do campo também aumenta”, adicionou.

AZAR?

Allan Aal condicionou a instabilidade apresentada pelo Guarani, com relação ao aproveitamento de pontos nas quatro primeiras rodadas do Campeonato Paulista, com falta de sorte.

“A gente precisa ter um pouquinho mais de sorte e transformar todos esses números aí em gols e em resultado, que é o mais importante para nós e para o torcedor. Aí, naturalmente, as coisas vão ficando mais leves, as coisas vão fluindo mais ao natural e o jogador vai tendo um desempenho maior e, até como você falou, um pouquinho mais vistoso”, completou.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top