Guarani

Aal indica dificuldade ao Guarani em retomada do Paulista: ‘Ritmo de jogo’

Aal indica dificuldade ao Guarani em retomada do Paulista: 'Ritmo de jogo'
Crédito: Thomaz Marostegan / Guarani FC

O Guarani está prestes a completar um mês sem entrar em campo oficialmente em virtude do aumento das medidas restritivas no estado.

Ciente das dificuldades futuras, Allan Aal, treinador do Bugre, prevê problemas no que diz respeito ao ritmo de jogo na retomada do Campeonato Paulista, ainda sem data definida para volta.

+ Com ajuda de atletas, Guarani entrega 500 cestas básicas em Campinas

“Eu acredito que seja o ritmo de jogo. A gente procura equilibrar essa pausa e essa falta de jogos oficiais com a intensidade do treinamento, mas nada é igual você enfrentar um adversário. Então sabemos que vai ter essa dificuldade, mas também, por outro lado, não é um ponto requisito exclusivo nosso. Temos que se adaptar o mais rápido possível e procurar a voltar em uma jogabilidade e em uma intensidade alta como a gente terminou”, pediu o comandante, em coletiva.

MARATONA

Sem atuar oficialmente desde 13 de março, data do empate sem gols com o São Bento, no Brinco de Ouro da Princesa, o Guarani vai encarar maratona de partidas no recomeço do Campeonato Paulista.

A sequência intensa de jogos em intervalo de dois dias é uma das principais preocupações de Aal no trabalho diário à frente do Bugre nesta ‘pré-temporada’.

“A preocupação é que os atletas tenham condições de seguir essa maratona. A gente fica preocupado com a integridade física de cada um deles, mas, ao mesmo tempo, temos que se adaptar. Tem que procurar resolver os problemas que, por ventura, venham a acontecer nessa maratona de jogos e utilizar o grupo todo. Eu acho que é nesse momento que temos que demonstrar e oportunizar a nossa qualidade de grupo”, lamentou Allan.

“Então todos eles estão sendo treinados da mesma maneira. Todos eles já têm um entendimento muito grande do que a gente quer. Daqui a dois dias, se não me engano, vão fazer dois meses que eu estou à frente do Guarani, mas a sensação é muito boa e muito grande de a gente estar aqui há mais tempo. Então espero que, nesse maratona, possamos dar essa resposta que vai ser necessária de utilização de todo o elenco”, fechou.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top