Guarani

Aal vê evolução em treinos no Guarani após um mês: ‘Torcedor espera’

Allan Aal vê evolução em treinos no Guarani após um mês
Crédito: Thomaz Marostegan / Guarani FC

Anunciado pelo Conselho de Administração há dois meses, Allan Aal garante estar satisfeito com a evolução do Guarani nos treinamentos durante pausa do Campeonato Paulista.

Questionado em entrevista coletiva, treinador do Bugre comentou a respeito do padrão de jogo proposto ao elenco neste período sem jogos oficiais.

+ Técnico do Guarani critica indefinição do Paulista: ‘Atrapalha um pouco’

“Estamos procurando colocar, nos treinos, algumas ideias de jogo que a gente tem. É procurando melhorar, principalmente nesse quesito de transformar tudo o que a gente vem fazendo em algumas partidas, de posse de bola, de número de trocas de passes e de finalizações para concretizar em gol e em resultado, que é o mais importante no futebol. É o que buscamos. É o que o torcedor espera. É o que todos nós queremos. Durante os treinos, temos procurado cobrar esse tipo de situação”, revelou.

“É uma concentração maior em uma finalização, uma concentração maior no penúltimo passe para o companheiro fazer um gol e uma movimentação intensa e muito coordenada para que a gente possa criar situações claras de gol. Eu acho que a minha cara tem que ser a cara do Guarani e a cara do torcedor, que espera que a gente honre a camisa, que a gente lute dentro de campo e que a gente consiga vencer os adversários dentro de uma ideia de jogo e dentro de uma qualidade de jogo principalmente”, emendou.

SATISFEITO

Com reforços do meio-campista Régis e do atacante Davó, regularizados no Boletim Informativo Diário (BID) pelo Guarani, Allan Aal elogiou a qualidade do elenco montado pela diretoria.

“Eu acho que a gente tem qualidade suficiente dentro do elenco para fazer boas partidas e buscar o resultado não só pelo resultado, mas com boas apresentações. Isso demanda tempo. Vão fazer dois meses que eu estou à frente do Guarani, mas demanda tempo em questão de número de jogos. A gente vê pelo lado positivo o tempo que temos para trabalhar com essa pausa que teve no Campeonato Paulista”, relatou.

“Ao mesmo tempo, lamenta essa perda de embalo que a gente vinha tendo no quesito de jogar partidas oficiais. Foram quatro partidas apenas. A gente espera retornar em um nível próximo do ideal e que, durante os jogos, a gente desempenhe da melhor maneira possível e a gente possa evoluir e chegar próximo daquilo que a gente vê como ideal para que o Guarani tenha a cara do Guarani, tenha a cara do torcedor e não só a minha cara, que, de repente, não é das mais bonitas”, finalizou.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top