Palmeiras

Abel Ferreira comemora atuação contra Corinthians e volta a elogiar coletividade do Palmeiras: ‘A equipe é a estrela’

FOTO: DIVULGAÇÃO/PALMEIRAS/CESAR GRECO

Em maior goleada sobre o rival desde 2004, o Palmeiras venceu o Corinthians por 4 a 0 nesta segunda-feira (18), no Allianz Parque. Após a partida, o técnico alviverde, Abel Ferreira, concedeu entrevista coletiva ao canal TV Palmeiras e celebrou o ótimo resultado e desempenho. O português também comentou sobre a vontade de vencer da torcida, sobre a rivalidade contra o Alvinegro e sobre a coletividade do elenco palmeirense.

TORCIDA ANIMADA

Finalista na Libertadores, na Copa do Brasil e na briga pelo título do Brasileiro, o Palmeiras vem animando seu torcedor com a perspectiva de terminar a temporada com, pelo menos, mais um título. Abel Ferreira falou sobre a empolgação da torcida e o momento vivido no clube:

– A torcida estaria feliz (se estivesse no estádio). É bom que a torcida que nos aplaude agora, nos aplauda nos momentos difíceis, porque aí é que vemos a verdadeira torcida. Ninguém dentro do Palmeiras quer ganhar mais que os jogadores, os treinadores e a estrutura. Nem os adeptos. Eu sei que eles querem ganhar, mas eles não querem mais do que a equipe técnica e os jogadores, porque é disso que vivemos. É pra eles que jogamos. Minha função, enquanto treinador, é de valorizar o espetáculo, fazer de tudo para que as pessoas que assistam, sejam da família Palmeiras ou não, é que gostem do que veem e respeitar nossos rivais –disse o comandante.

RIVALIDADE COM O CORINTHIANS E BOM DESEMPENHO

Após ter disputado e vencido o primeiro clássico contra o Corinthians, o treinador do Palmeiras comentou sobre a rivalidade com o alvinegro e a atuação alviverde na vitória:

– Tenho a certeza absoluta que, sem o Corinthians, não existiria essa energia (empolgação da torcida). A melhor forma que temos de respeitar é dentro das quatro linhas. Ali temos que ir para luta, competir e mostrar, de fato, quem é melhor. Fizemos uma exibição consistente, assim como na primeira parte contra o Grêmio. Cada jogo tem sua história, mas é sempre bom ver a equipe com um jogo coletivo muito forte. Jogue quem jogar, eles conseguem perceber que a identidade é a equipe e a equipe é a estrela. Isso que me agrada. Não me satisfaz porque não ganhamos nada, mas dá consistência para nosso trabalho – afirmou.

– O Corinthians é uma belíssima equipe, que não perdia há sete jogos, não sofria gols e é extremamente consistente com tempo para treinar. Sabíamos que seria difícil por tudo, não só pelas competências táticas e técnicas, mas muito pelas mentais. Não é só um jogo, é um Derby contra nosso maior rival e em nossa casa. Sabemos que vale mais que os três pontos – completou o treinador alviverde.

DIFERENTES ESCALAÇÕES E USO DE TODO O ELENCO

Abel Ferreira também falou sobre a importância e a união que o elenco do Palmeiras vem demonstrando nessa maratona de jogos no mês de janeiro:

– Penso em cada jogo, não vou alterar a minha postura. Os jogadores sabem e sentem que são todos importantes, que têm responsabilidades dentro do grupo e que são todos precisos. Isso é que me deixa confiante, jogue quem jogar, a equipe continua com uma ideia muito forte. Isso só é possível quando há união – falou o técnico.

– As pessoas que nos conhecem, sabem que não jogamos sempre da mesma maneira. Para mim, experiência não é dez anos fazendo a mesma coisa. Experiência é tu perceber o que está passando e ir alterando ao contexto. Essa dinâmica é feita em função da análises, sobretudo, dos nossos jogadores. É para eles que nós montamos uma forma de jogar para tirar o máximo de rendimento de cada um. Essa á a parte mais difícil de ser um treinador. Conhecer os seus jogadores técnica, tática, física e mentalmente. Com outros jogadores, faria outra coisa – terminou Abel Ferreira.

Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top