Atlético-MG

Adversário do Atlético-MG, elenco do Cerro Porteño não se concentra para jogo por conta de salários atrasados

Foto: Pedro Souza / Atlético

Pelo grupo H da Copa Libertadores, Cerro Porteño e Atlético se enfrentam na quinta rodada da competição. O duelo pode garantir a liderança do grupo para o alvinegro e/ou a classificação para o clube paraguaio. Mas um fator extracampo pode fazer a diferença. Os jogadores do Cerro resolveram não se concentrar para o duelo por conta de salários atrasados, a informação foi postada nas redes sociais do capitão Mathías Villasanti:

Tradução: “Devido ao débito financeiro de vários meses que o clube mantém com todo o elenco, decidimos, juntos, não nos concentrar antes da partida da Copa Libertadores contra o Atlético Mineiro. Cumpre esclarecer que esta medida não vai condicionar, em nada, o esforço e o empenho que teremos ao jogar este jogo como o tem feito desde o início do ano. Esperamos e confiamos em uma solução rápida para esta situação”.

A informação do jornalista Nicolás Ledesma, do Paraguai, é que os salários não são pagos desde fevereiro. Além disso, a diretoria vem “enrolando” os jogadores, primeiro dizendo que pagariam após o clássico contra o Olimpia, no primeiro dia de maio, e nada feito. Depois, informara que pagariam após a partida contra o La Guaira, no último dia 12, e mais uma vez não pagaram. Por fim, deram prazo até esta terça (18) e também não pagaram, gerando então a atitude dos jogadores. O clube conta com os brasileiros Jean, goleiro ex-São Paulo e Atlético-Go e Mateus Gonçalves, ex-Ceará.

O primeiro duelo entre Galo e Ciclón terminou com goleada para o alvinegro, que venceu por 4 a 0. O jogo acontece nesta quarta (19), às 21h.

Para ficar informado sobre tudo que acontece com o Atlético-MG, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top