Campeonato Brasileiro

Agora de lados opostos: Luan reencontra o Grêmio pelo Corinthians

Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Encontrar o ex-clube é algo comum no futebol. Mas na partida entre Grêmio x Corinthians neste sábado (15), acontecerá um reencontro especial. Luan vai enfrentar pela primeira vez o Tricolor Gaúcho, time onde escreveu seu nome na história.

Da mesma forma, o camisa sete deixou sua marca na passagem pelo Grêmio. Nesse meio tempo, foram 288 jogos, 75 gols, 60 assistências e 6 títulos. Entre eles, a Libertadores de 2017, onde o jogador foi destaque, recebendo o prêmio de melhor jogador da América e craque da competição.

O INÍCIO NO GRÊMIO

Em 2014, Luan subiu para o elenco profissional do Grêmio, tendo sua estreia no Campeonato Gaúcho, contra o São José. Ao mesmo tempo, foi inscrito em sua primeira Libertadores da América, com a camisa de número 26, fazendo boas atuações e inclusive marcando gols. No seu primeiro ano no time de cima, o atacante realizou 50 jogos, balançando as redes em oito oportunidades.

Já no seu segundo ano de profissional, Luan recebeu a famosa sete, após a saída do atacante Dudu do Grêmio. Camisa essa, que já tinha passado por nomes como Renato Portaluppi e Paulo Nunes. O jogador se destacou em 2015, foram diversas boas atuações, sendo premiado com a Bola de Prata e eleito para a seleção do Brasileiro, onde marcou 10 gols. Ao todo, no ano, foram 56 jogos e 17 gols marcados.

O FIM DA SECA DE TÍTULOS E O COMEÇO DA IDOLATRIA

Após um início de 2016 conturbado, jogando em outra posição, não rendendo como no ano anterior, começaram as contestações sobre Luan. Com a eliminação no Campeonato Gaúcho para o Juventude e na Libertadores para o Rosário Central da Argentina, o jogador foi alvo de protestos de parte da torcida do Grêmio, que jogaram pipocas em seu carro após um treinamento. Contudo, após o início do Brasileirão, as boas atuações voltaram. Foram 54 partidas com a camisa tricolor e 14 gols, terminando o ano com o título da Copa do Brasil, tendo Luan como uma das peças fundamentais na campanha. 

Com o título da Copa do Brasil em 2016, o Tricolor Gaúcho conquistou vaga direta para a Libertadores da América 2017. Essa, que foi vencida pelo Grêmio, tendo como o maior destaque, o camisa sete, Luan. O jogador fez um dos gols na final contra o Lanús, da Argentina. Além das conquistas individuais e pelo clube, o jogador disputou 52 jogos, indo às redes 18 vezes.

AS LESÕES, O JEJUM DE GOLS E AS NÃO CONVOCAÇÕES PARA A SELEÇÃO

Após chegar ao seu ápice individual e no clube, o jogador que por boa parte da torcida e imprensa era considerado um dos maiores talentos do nosso mercado interno, começou a enfrentar diversas lesões em sequência, o que atrapalharam inclusive as convocações para a Seleção Brasileira. Em 2018, Luan enfrentou o seu pior momento no clube, graças a fasciste plantar, que causava fortes dores quando o apoiava seu pé no chão. Com isso, ele vestiu a camisa do Grêmio 40 vezes, ou seja, 65.8% dos jogos que o tricolor disputou, fazendo apenas 11 gols. O seu pior desempenho desde 2014.

Depois de um 2018 abaixo da média, o meia-atacante quase foi envolvido em uma negociação com o Cruzeiro em 2019, em uma troca pelo meia Thiago Neves, oito anos mais velho. Em abril, Luan foi afastado do jogo contra a Universidad Católica, do Chile, pela Libertadores. O motivo seria recuperar a melhor forma física do camisa sete gremista.

O jogador tinha seu vínculo com o Grêmio encerrando na metade de 2020 e tudo indicava que não haveria renovação, o que não traria retorno para os cofres tricolores, tendo o jogador saindo de graça. Em 14 de dezembro, Luan foi vendido para o Corinthians, no valor de 5 milhões de euros, correspondendo a 50% dos direitos econômicos do atleta e a quitação pelo Corinthians do saldo devedor do atleta Juninho Capixaba. Em seu último ano pelo tricolor, foram 36 jogos e apenas 9 gols.

VIDA NOVA NO CORINTHIANS

De casa nova, agora com a camisa sete do Timão, Luan ainda não conseguiu demonstrar o mesmo futebol dos tempos de Grêmio e que o levaram a ser convocado para a Seleção. Sua melhor partida em 2020 até o momento, foi na eliminação do Corinthians na Libertadores na fase preliminar, para o Guaraní do Paraguai. Pelo time paulista ele atuou por 20 partidas, das 21 que o clube disputou no ano, sendo titular em 19 oportunidades, marcando três gols.

O Grêmio encara o Corinthians neste sábado (15), às 19h, na Arena do Grêmio. O confronto é válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Você acompanha tudo aqui pelo Esporte News Mundo.

Para saber tudo sobre o Grêmio, siga o Esporte News Mundo no FacebookTwitter Instagram.

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: São Paulo e Grêmio anunciam troca de Everton por Luciano - Esporte News Mundo

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top