Palmeiras

Ainda com futuro indefinido, Borja pode voltar ao verdão em julho

Borja

O contrato de Miguel Borja com o Junior Barranquilla se encerra em 30 de junho, e o atacante vive semana decisiva para definir seu futuro, o clube colombiano demonstrou muito interesse em comprar o atleta, porém a primeira proposta não agradou o Palmeiras

O Junior inicialmente ofereceu US$3 milhões (14,8 milhões de reais) por 50% dos direitos do jogador, o verdão imediatamente recusou a negociação, só aceita vender Borja se os colombianos chegarem ao valor de US$4,3 milhões (21,3 milhões). A venda seria importante para aliviar as finanças do clube paulista, e diminuir o rombo causado pela pandemia e queda precoce da Copa do Brasil.

A vontade do Palmeiras é de recuperar parte do investimento feito no Borja em 2016, se a negociação não se concretizar, o plano B do verdão é a possibilidade de reintegrar o atleta ao elenco, ele poderia ser útil ao treinador Abel Ferreira para o restante da temporada, lembrando que o português só conta com Luiz Adriano e Deyverson para posição, em caso de retorno o atacante voltaria a treinar e julho, mas só poderia jogar em agosto, junto com o ídolo da torcida Dudu.

Borja vive grande momento na Colômbia, em 59 jogos pelo Junior fez 35 gols, e se tornou principal jogador da equipe, a boa fase rendeu também sua volta para seleção colombiana, primeiro para disputa das Eliminatórias para Copa do Mundo, e agora para jogar a Copa América, mesmo na reserva, Borja é artilheiro da Colômbia durante o comando de Reinaldo Rueda com dois gols. Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga Esportes News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top