Lutas

Alex Poatan rebate provocação de Adesanya: “Se eu pus ele numa maca, imagine agora com essas luvas”

Divulgação/Twitter Oficial UFC

Alex Poatan não apenas enfrentará Sean Strickland no UFC 276, neste sábado (2). O brasileiro também terá pela frente tentar confirmar toda a atenção sobre seu nome e o passado de vitórias nos tempos de kickboxing sobre Israel Adesanya, desta vez no MMA.

Um reencontro entre ambos no octógono deve ser visto como ‘inevitável’ caso ambos vençam suas lutas (o nigeriano defende seu título contra Jared Cannonier na luta principal) . E o ‘Last Stylebender’ já fez suas provocações ao rival afirmando que a luta seria diferente por não usar mais ‘luvas de travesseiro’ como no Glory.

LEIA TAMBÉM

+ Adesanya provoca Alex Poatan e manda recado ao brasileiro: “Mal posso esperar para enfiar essas luvas nele”

+ Jared Cannonier revela se sentir ‘menosprezado’ antes de luta contra Adesanya no UFC 276

A resposta de Poatan veio na mesma moeda. No media day do UFC 276, o brasileiro lembrou das vitórias nos confrontos que teve com o nigeriano e mandou um ‘recado’ de que o final de uma luta entre ambos no UFC pode não ser tão diferente,

– Os comentários do Adesanya me deixaram confuso. Porque, mesmo com as duas lutas e ele sendo nocauteado, ele fala de luvas de travesseiro e agora isso de ‘quatro onças’ (o tamanho das luvas-padrão do MMA). É uma arma mortal, mas se com aquele ‘travesseiro’, eu o pus numa maca com um balão de oxigênio, imagina o que vai acontece com essas luvas de quatro onças – disparou o brasileiro.

Durante o processo que o levou para o UFC, Alex Poatan afirmou por várias vezes que o nigeriano estaria ‘com medo’ de o enfrentar por conta das vitórias no passado. O discurso segue o mesmo ainda que o reencontro possa estar a um passo de acontecer.

– Eu não acho que ele quer lutar comigo por causa da nossa história. Se ele quisesse lutar comigo, assim que eu eu cheguei, ele não me deixaria fazer três lutas como eu estou fazendo. Ele iria falar para o UFC fazer a luta e se recuperar das derrotas. Mas depois de quanto lutei no Madison Square Garden, ele disse que eu precisava vencer mais quatro lutas antes de eu o enfrentar. Esta é a terceira. E ele fica falando agora que quer lutar comigo porque sabe que não tem mais para onde correr – provocou.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top