Futebol Internacional

Alisson brilha, Liverpool ganha do Chelsea nos pênaltis e levanta a Copa da Inglaterra

Photo by Shaun Botterill/Getty Images

Mais um título para a conta de Jurgen Klopp no Liverpool. Neste sábado, os Reds bateram o Chelsea nos pênaltis por 6 a 5 para levar o título da Copa da Inglaterra diante de um Wembley lotado. Após empate sem gols no tempo normal e na prorrogação, Alisson defendeu a sexta cobrança do Chelsea com Mount e Tsimikas fez o seu para levantar a taça para a equipe vermelha.

1º Tempo

Os times foram bastante equilibrados durante o primeiro tempo. O Liverpool começou agredindo principalmente com Luis Díaz, por duas vezes apareceu cara a cara com o goleiro Mendy, que cresceu para cima do jogador dos Reds. Já o Chelsea também teve suas chegadas contundentes, Pulisic foi o destaque para os Blues, com duas finalizações perigosas na meta de Alisson.

O que mais chamou a atenção no primeiro tempo foi justamente a lesão de Mohamed Salah. O egípcio sentiu a virilha e teve que ser substituído ainda na primeira etapa. O astro do Liverpool preocupa para o final de temporada, já que o time ainda segue vivo no Campeonato Inglês e no dia 28 irá disputar a final da Champions League contra o Real Madrid.

2º Tempo

O segundo tempo começou de forma completamente competitiva. Os primeiros cinco minutos foram de pura pressão do Chelsea, com direito a bola na trave de Marcos Alonso em cobrança de falta. Logo após a oportunidade, foi a vez do Liverpool de pressionar com Robertson e Jota. Mas foi no final do segundo tempo que o jogo esquentou. Por dois lances seguidos o Liverpool colocou uma bola na trave de Mendy. Na primeira, uma triangulação do ataque dos Reds, e Luis Díaz chutou no poste. No lance seguinte, Robertson recebeu uma ótima bola de Milner, e com um ótimo cabeceio, a bola raspou também encontrou a barra lateral.

Depois de pressão de ambos os lados, o jogo terminou no tempo normal sem gols, e assim foi para prorrogação.

Prorrogação

Os dois times não conseguiram agredir muito na prorrogação, muito por conta do fim de temporada, que gerou muito cansaço nos jogadores. No Liverpool jogadores como Robertson e Van Dijk foram poupados durante a prorrogação, visando os últimos jogos da Premier League e a final da Champions.

O Lance que chamou mais atenção foi a substituição no Chelsea. Loftus-Cheek entrou no começo da prorrogação, mas na segunda época já foi substituído por Barkley.

Pênaltis

De cara o capitão do Chelsea, Azpilicueta, perdeu seu pênalti. Logo após todos concluíram com sucesso suas cobranças, até chegar em Mané que no pênalti que poderia ser decisivo, acabou perdendo. Mas na cobrança do jovem Mason Mount, Alisson faz ótima defesa e o grego Tsimikas concluiu e consagrou o Liverpool Campeão da Copa da Inglaterra.

FICHA TÉCNICA

Copa da Inglaterra – Final

Chelsea 0(5)x(6)0 Liverpool

Escalações:

Chelsea (3-4-2-1)

Mendy, Rüdiger, Thiago Silva, Chalobah(Azpilicueta), James, Jorginho, Kovacic(Kanté), Marcos Alonso, Mount, Pulisic(Loftus-Cheek) e Lukaku(Ziyech)

Técnico: Thomas Tuchel

Liverpool (4-3-3)

Alisson, Alexandre-Arnold, Konaté, Van Dijk(Matip), Robertson(Tsimikas), Henderson, Thiago, Keita(Milner), Luis Díaz(Roberto Firmino), Mané(Diogo Jota) e Salah.

Técnico: Jürgen Klopp

Data: 14/05/2022, 12:45 (horário de Brasília)

Estádio: Wembley, Londres, Inglaterra

Árbitro: Craig Pawson (ING)

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top