Conmebol Libertadores

Altitude e invencibilidade de 12 jogos: Os desafios do Flamengo contra a LDU

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Nesta terça-feira (03), o Flamengo enfrenta a LDU, em Quito, pela Libertadores. Líder do grupo G com duas vitórias diante do Vélez e da Unión La Calera, o Rubro Negro vai para a sua partida mais desafiadora na competição, até o momento. O adversário da vez vem de uma grande série invicta e ainda tem a altitude como sua aliada, o que pode dificultar para o clube da Gávea.

A Liga de Quito está invicta a 12 jogos, com cinco vitórias, sete empates e sem derrotas desde o dia 29/12/2020. A equipe é a quarta colocada no nacional e a segunda no seu grupo da Libertadores. Se vencer o clube carioca, assume a ponta da tabela. Além do retrospecto positivo do time de equatoriano, o Mengo ainda terá desfalques de peso como Rodrigo Caio e Gerson, ambos lesionados.

O Esporte News Mundo foi até o Equador para saber como a Liga vem para este jogo. Segundo Karol Chamorro, repórter Conmebol em Quito, o time estará praticamente completo:

– Pois bem, digo-vos que a equipe chega completa, menos Lucas Villarruel. Ele ainda tem um dia de suspensão nos torneios Conmebol, devido ao que aconteceu no ano anterior, contra o Santos. Todo o time está super completo, à disposição de Pablo Repetto. Motivados pela última vitória no sábado contra o Macará, nesta terça-feira também querem vencer o Flamengo, já fizeram em 2019 e (o Flamengo) não foi bem em 2020, contra o Independiente del Valle.

Fernanda Panchana, do portal Silbatazo 593, destacou as principais armas do time equatoriano:

– A Liga de Quito é o 4º na classificação do torneio nacional, tem feito jogos muito bons mas acima de tudo isso tem dois jogadores muito importantes: o colombiano Martínez Borja, atacante da equipe, é um jogador que resolve jogadas, mesmo de costas, acaba no gol. Por outro lado está o Billy Arce, o extremo das duas pontas e é quem acompanha Borja no lado ofensivo. O Arce é um jogador rápido e que desiquilibra. Na minha opinião, é uma equipe sólida e contundente, além dos dois importantes jogadores que referi, tem figuras como Alcívar, Muñoz e Amarilla, é uma equipe que tem se mantido nas primeiras posições do campeonato nacional em anos recentes.

Flamengo e LDU se enfrentaram apenas duas vezes na história, justamente na Libertadores de 2019, quando caíram no mesmo grupo. O primeiro duelo foi no Maracanã e se encerrou com o placar de 3×1, para Rubro Negro. O segundo confronto foi no estádio Casa Blanca, palco de jogo de logo mais, e teve vitória da Liga de Quito, por 2×1. O terceiro será nesta terça (04) e você acompanha todas as informações desta partida no site do Esporte News Mundo!

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top