Lutas

Amanda Nunes vence Felicia Spencer e mantém cinturão peso-pena do UFC

Brasileira não deu chances para a oponente (Créditos: Divulgação/UFC)
Brasileira não deu chances para a oponente (Créditos: Divulgação/UFC)

Amanda Nunes segue fazendo história no UFC! Na luta principal do UFC 250, na madrugada deste domingo (7), a brasileira colocou o cinturão peso-pena em disputa pela primeira vez contra Felicia Spencer e manteve o título da categoria, após vencer a desafiante por decisão unânime.

A “Leoa”, que também é dona do cinturão peso-galo, se tornou a primeira pessoa na história da organização a defender dois cinturões de maneira simultânea.

O primeiro round do combate teve bastante ação, principalmente por parte da brasileira. Amanda Nunes tomou as rédeas da luta e encaixou bons golpes na oponente. A campeã ainda conseguiu uma queda e terminou a primeira parte por cima no solo.

A segunda parte da luta foi menos movimentada e seguiu com Amanda Nunes no controle. Apesar de ter conectado menos golpes, a brasileira dominou as ações e foi melhor que a canadense.

Completamente à vontade no octógono, a “Leoa” seguiu dominando o combate no terceiro assalto. Sendo mais agressiva do que no round anterior, Amanda conseguiu acertar bons golpes e não deu espaço para Felicia Spencer, se mantendo à frente na luta.

Amanda Nunes começou o quarto round dosando mais a energia. Mas já no fim do assalto, a brasileira acelerou, encaixou golpes agressivos e arriscou uma finalização. Felicia Spencer acabou sendo salva pelo gongo.

O quinto e último round foi mais um atropelo de Amanda Nunes. De maneira inteligente, a brasileira levou a luta para o solo e castigou a oponente com socos e cotoveladas. O árbitro Herb Dean chegou a interromper o confronto em um momento para o médico avaliar a situação de Felicia Spencer. Após o retorno da canadense, Amanda seguiu controlando o combate até o fim.

Na decisão dos árbitros, Amanda Nunes venceu Felicia Spencer por decisão unânime (50-44, 50-44 e 50-45) e manteve o cinturão peso-pena do UFC, aumentando ainda mais o seu legado no MMA.

Esta foi a sexta vez que Amanda Nunes defendeu cinturão no UFC, somando as duas categorias, desde que foi campeã peso-galo pela primeira vez em julho de 2016, quando venceu Miesha Tate.

Herbert Burns vence segunda luta no UFC; Raphael Assunção e Jussier Formiga são derrotados

Herbert Burns abriu evento finalizando Evan Dunham (Créditos/Instagram @herbertburns)

Na primeira luta da noite, Herbert Burns manteve o bom momento da família no UFC. Irmão de Gilbert “Durinho” Burns, Herbert conseguiu a segunda vitória em duas lutas na organização, ao vencer o veterano Evan Dunham. O brasileiro acabou com o combate no primeiro round, após aplicar um mata-leão no adversário.

Jussier Formiga foi o segundo brasileiro a entrar no octógono neste sábado. Mas o número 4 do ranking peso-mosca não foi páreo para Alex Perez. Após sofrer diversos chutes no joelho, o lutador não suportou as pancadas e foi derrotado por nocaute técnico ainda no primeiro round.

De olho em uma possível disputa do cinturão peso-galo em um futuro próximo, Raphael Assunção e Cody Garbrandt fizeram o co-main event da noite. E o brasileiro levou a pior. No instante que o gongo estava prestes a soar no fim do segundo round, Raphael foi atingido por um soco na ponta do queixo e acabou sendo nocauteado.

CONFIRA OS RESULTADOS DO UFC 250

Card principal

Peso-pena: Amanda Nunes venceu Felicia Spencer por decisão unânime;
Peso-galo: Cody Garbrandt venceu Raphael Assunção por nocaute;
Peso-galo: Aljamain Sterling venceu Cory Sandhagen por finalização (mata-leão) no primeiro round;
Peso-meio-médio: Neil Magny venceu Anthony Rocco Martin por decisão unânime;
Peso-galo: Sean O’Malley venceu Eddie Wineland por nocaute no primeiro round.

Card preliminar

Peso-pena: Alex Caceres venceu Chase Hooper por decisão unânime;
Peso-médio: Ian Heinisch venceu Gerald Meerschaert por nocaute técnico no primeiro round;
Peso-pena: Cody Stamann venceu Brian Kelleher por decisão unânime;
Peso-médio: Maki Pitolo venceu Charles Byrd por nocaute técnico no segundo round;
Peso-mosca: Alex Perez venceu Jussier Formiga por nocaute técnico no primeiro round;
Peso-meio-pesado: Devin Clark venceu Alonzo Menifield por decisão unânime;
Peso-casado: Herbert Burns venceu Evan Dunham por finalização (mata-leão) no primeiro round.

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Ex-campeão do UFC, Conor McGregor anuncia aposentadoria

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top