Basquete

Análise: Bucks querem repetir a dose enquanto “cabeça no lugar” dos Suns será obrigação no jogo 4

Divulgação/Milwaukee Bucks

No último domingo (11) aconteceu o jogo 3 das finais da NBA entre Milwaukee Bucks e Phoenix Suns. Com a vantagem na série, a equipe do Arizona acabou perdendo a partida, dando chances para os Bucks. Confira a seguir a análise completa.

Após a vitória dos Bucks, um novo cenário surgiu na NBA Finals. O triunfo de Milwaukee mostrou que a equipe está focada e segue firme na luta por seu primeiro campeonato da NBA, porém com os dois primeiros jogos vencidos por Phoenix, o campeão parecia já estar definido.

+Duas derrotas em amistosos: Estados Unidos liga o alerta para Tóquio ou ainda é cedo?

Giannis Antetokounmpo no jogo 3 na Fiserv ForumFoto: Divulgação/NBA

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Com um excelente jogo 3, Milwaukee mostrou sua fortaleza na defesa e sua potência no ataque com Giannis, Holiday e Middleton. Com a série 2-0, os Bucks se viram obrigados a ter uma reação imediata e mudar totalmente seu estilo de jogo. E foi exatamente o aconteceu. Com uma atuação de gala do grego Giannis Antetokounmpo com 41 pontos, 13 rebotes e 6 assistências, a equipe de Wisconsin produziu mais no ataque diferentemente dos dois últimos jogos e pegou mais rebotes, além do ótimo aproveitamento no perímetro.

Os Suns se colocaram na posição de favoritos após a vitória nos dois primeiros jogos, mas não demonstraram isso no jogo 3, tendo dificuldades na transição com Chris Paul e Devin Booker e com a atuação ruim de Deandre Ayton, que faz total diferença no garrafão.

A expectativa para o jogo 4, que acontece na quarta-feira (14), às 22h, na Fiserv Forum é grande. Milwaukee vai com tudo para empatar a série e os Suns com a cabeça no lugar para o possível 3-1, que complicaria de vez a vida dos Bucks. Promessa de uma grande partida.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top