Flamengo

Análise: Com muitos desfalques, Flamengo perde muitas chances e volta a sofrer com Ceará, maior carrasco de 2020

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

No último domingo (22), o Flamengo apenas empatou com o Ceará e perdeu a chance de encostar no líder Atlético-MG, que ainda joga na rodada. O clube cearense venceu os dois confrontos entre as equipes no último Brasileirão, e voltou a ser uma pedra no sapato dos cariocas.

Curiosamente, Vina também havia marcado no último jogo entre as equipes, que terminou com vitória do Ceará por 2×0 (Kelvyn marcou o outro gol), em pleno Maracanã. Pelo mesmo placar, o Alvinegro também derrotou o Flamengo no primeiro turno do Brasileirão de 2020.

Ataque perde muitos gols e deixa a desejar

Para o confronto, Renato Gaúcho poupou Arrascaeta, com desgaste muscular. Além dele, entre vários outros desfalques, Bruno Henrique também não jogou, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Assim, o técnico testou uma formação com Vitinho e Michael, que tiveram uma grande oportunidade antes da estreia de Kenedy e Andreas Pereira, que deve ampliar ainda mais a concorrência no setor.

Michael abusou dos erros, perdeu um gol feito e não aproveitou a oportunidade. Por outro lado, Vitinho marcou um bonito gol, participou de várias jogadas e foi o principal jogador do Flamengo na partida.

Os titulares que atuaram no ataque também não estavam inspirados. Por mais que tenha deixado Michael na cara do gol, Gabigol perdeu duas grandes chances no primeiro tempo. Ademais, Éverton Ribeiro teve outra atuação apagada e sofreu com as críticas da torcida.

Defesa com dificuldades na marcação e deixando muitos espaços; escalação de Renato é criticada

No campo defensivo, Bruno Viana deu muitos espaços e parecia perdido em campo, inclusive no momento do gol adversário, onde se confundiu e deixou Vina livre. Aliás, no lance, vale destacar mais um gol sofrido pela equipe na saída de bola, mostrando que existe um problema claro nessa questão.

No segundo tempo, o Ceará encontrou mais espaços e só não marcou graças às defesas de Diego Alves, além do lance em que Léo Pereira, grande nome do sistema defensivo no jogo de ontem, tirou em cima da linha e impediu o gol. Diego e Matheuzinho também estavam com problemas para acompanhar o ataque adversário.

Há quem diga que Renato Gaúcho priorizou as Copas, pela escalação e as substituições. O treinador costumava poupar titulares em vários jogos do Brasileirão pelo Grêmio, e era bastante criticado por isso. Muitos defendem que Arrascaeta deveria ter sido poupado na partida de volta contra o Olimpia, quando a vaga na próxima fase já estava encaminhada.

Agenda

Com o retorno de alguns titulares, o Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira (25), contra o Grêmio, às 21h30. O confronto, válido pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, será disputado na Arena do Grêmio.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top