Athletico

Análise: conheça os defensores do elenco aspirantes do Athletico

FOTOS: DIVULGAÇÃO/ATHLETICO

Durante a paralisação do Athletico pelas medidas de restrições de combate ao coronavírus, o Esporte News Mundo trará uma análise sobre os jogadores do elenco atual do Athletico. Começando pelo elenco de aspirantes, agora sob nova direção, com Bruno Lazaroni comandando, vamos falar posição por posição sobre os atletas que buscam o tetracampeonato estadual para o Athletico e podem em um futuro próximo serem opções ou até mesmo titulares da equipe principal.

De acordo com o técnico multicampeão da NBA, Phil Jackson, “Ataque ganha jogos, defesa ganha campeonatos”, e isso pode ser comprovado pelo próprio futebol brasileiro, onde 9 dos últimos 15 campeões brasileiros tinham a melhor defesa da competição. O Athletico mostrou a importância de ter uma defesa consistente, sendo a segunda menos vazada do último campeonato, tendo alguns jogadores do elenco de aspirantes ajudando de forma efetiva o clube a ter tamanho desempenho na principal competição nacional.

No elenco de aspirante do Athletico, a lista de defensores tem oito nomes, sendo divido em quatro zagueiros e quatro laterais sendo eles: João Vialle, Edu, Lucas Halter, Luan Patrick, Khellven, João Victor, Raimar e Kleiton. Entre eles, apenas Lucas Halter e Khellven tiveram alguma sequência significante com o elenco principal, e o estadual pode ser a oportunidade perfeita para impressionar o novo técnico, António Oliveira, em busca de uma vaga na equipe principal.

João Vialle

João Victor Dall’Stella Vialle é um zagueiro destro com boa estrutura física (1,86m) que joga com tranquilidade com a bola nos pés, onde ele pode mostrar a sua boa leitura de jogo, tanto na parte defensiva, cortando as linhas de passes e dando botes precisos, ou ofensiva, conseguindo ler o jogo mostrando sua qualidade técnica na saída de bola. João (18 anos), natural de Curitiba, Paraná, começou a última edição do brasileirão sub-20 como titular, mas após uma sequência de jogos com baixo rendimento acabou sendo levado para a reserva, entrando nos minutos finais na maioria dos jogos. O jovem zagueiro deve aproveitar a competição como oportunidade de recuperar a confiança e a titularidade, em busca de um 2021 mais promissor.

Edu

Lucas Eduardo Ribeiro de Souza, mais conhecido como Edu, é um zagueiro de origem mineira (Belo Horizonte, Minas Gerais), com boa estatura (1,88m) e que oferece versatilidade, podendo jogar como volante. Com a bola nos pés, Edu mostra tranquilidade no seu estilo de jogo e muita confiança na sua técnica, arriscando passes longos com precisão, e na parte defensiva se mostra muito confortável em situações um contra um, utilizando a sua estatura para seu favor de forma inteligente.

O zagueiro de 20 anos chegou ao clube na metade de 2020 em uma transferência realizada com o Cruzeiro, o Athletico adquiriu 70% dos direitos econômicos do atleta pelo valor de R$ 3 milhões, que assinou um contrato válido por quatro anos. No clube mineiro ele conquistou a Supercopa sub-20 em 2017, o Campeonato Brasileiro sub-20 em 2017 e o Campeonato Mineiro sub-20 em 2018, sendo convocado consistentemente para as seleções de base.

Lucas Halter

Jogador com muita força física e com muito potencial, o “piá do Caju” é o zagueiro mais experiente deste elenco, não somente no quesito idade, mas no número de jogos com a equipe principal, onde já teve alguns bons momentos, mas ainda falta consistência e experiência para que ele possa disputar realisticamente a vaga de titular com Thiago Heleno e Pedro Henrique. O seu principal foco nessa campanha deve ser apresentar o bom futebol que ele vinha apresentando até 2020, mostrando amadurecimento dentro de campo, tranquilidade com a bola nos pés e retomar a confiança que aparenta ter sido perdida nesse último ano, acredito que com isso ele possa retomar a posição de terceira escolha de zagueiro para a equipe principal, e com o devido tempo consiga brigar pela titularidade.

Luan Patrick

Luan Patrick Wiedthauper, 19 anos, é um dos jogadores mais promissores que saíram das categorias de formação do clube nos últimos anos, acumulando bons jogos, convocações e um título de renome mundial, o mundial sub-17. Além de ser um zagueiro muito consistente, que consegue se apoiar nos seus instintos, cometendo poucos erros, sempre sendo preciso no bote e utilizando a ótima estatura (1,90m) para sua vantagem tal como um jogador veterano, Luan também consegue mostrar a sua qualidade técnica jogando de primeiro volante quando necessário, função que foi utilizado algumas vezes nas categorias de base, trazendo mais agressividade na marcação, mas também dando agilidade na saída de bola, com passes rápidos e precisos após a retomada da bola. Acredito que o novo comandante Bruno Lazaroni vá utilizar este jogador de diversas maneiras nesse estadual, buscando a melhor posição para um jogador tão versátil e que tem gerado grande expectativa na torcida athleticana.

Khellven

Titular na reta final da conquista da Copa do Brasil em 2019, Khellven Douglas Silva Oliveira já é um jogador bem estabelecido no elenco athleticano, tendo mais de 50 jogos pelo elenco principal, mas ainda não conseguiu aproveitar suas oportunidades para se firmar como o lateral direito titular da equipe, e com a saída de Jonathan essa pode ser a sua melhor chance. O jovem lateral de apenas 20 anos apareceu no elenco principal mostrando sua personalidade desde o início, subindo com qualidade, fazendo cruzamentos precisos e arriscando de média e longa distância, como no gol na final do Campeonato Paranaense de 2020. O principal problema de Khellven tem sido a grande inconsistência no nível de sua performance, algo que só pode ser corrigido por meio da experiência, então se espera que se o clube veja a possibilidade dele ser o lateral direito do time nos próximos anos que invistam esse tempo para que ele só possa melhorar e chegar ao elenco principal com a confiança em alta.

João Victor

João Victor da Silva Oliveira, originado de Campinas, São Paulo, é um lateral / ala que também pode atuar como um meia e meia atacante, ele apresenta boas qualidades ofensivas, tendo como suas principais qualidades o drible, a corrida em profundidade e o cruzamento. O atleta mesmo sendo muito jovem (18 anos) mostra muita personalidade em campo, partindo pra cima dos adversários com confiança e com muita velocidade, gerando diversas chances de perigo. Apesar disso, ainda tenho dúvidas sobre a qualidade defensiva do jogador, algo que pode gerar complicações para o esquema defensivo caso seja empregada uma tática que utilize o jogador como lateral, e não como ala.

Raimar

Raimar Rodrigues Lopes, outro jogador proveniente das categorias de base do Athletico, é um lateral esquerdo que também pode jogar como terceiro zagueiro ou volante, tendo como suas principais características a movimentação sem bola, gerando espaço e profundidade para a equipe, sua velocidade e resistência física, criando oportunidades de contra ataque, e a agilidade e inteligência para tocar a bola, facilitando no processo de criação. O lateral manauense promete ser uma peça interessantíssima nesse elenco se utilizado corretamente, sendo um jogador extremamente versátil, inteligente e com muita técnica.

Kleiton

O defensor mais experiente no quesito idade, Kleiton Pego Duarte (21 anos), é um lateral direito / ponta que oferece uma válvula de escape por meio de sua velocidade e qualidade individual, o atleta também possui boa visão de jogo e técnica, completando passes complicados com frequência. O atleta originado de Ipatinga, Minas Gerais, também mostra boa leitura de jogo quando está sem a bola, conseguindo dessa forma utilizar a sua velocidade para interceptar passes, e por conta de sua altura (1,80m) ele consegue ajudar de forma primorosa na bola aérea.

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top