Conmebol Libertadores

Análise: Em noite de Éverson, Atlético Mineiro vence o boca e se classifica para as quartas de final da Conmebol Libertadores.

Foto: Pedro Souza / Atlético

No dia de ontem, 20, o Atlético recebeu o Boca Juniors, no Mineirão, pelo jogo da volta das oitavas de final da Conmebol Libertadores, e em partida emocionante saiu como vencedor após os pênaltis, com destaque para o goleiro Éverson que pegou 2 pênaltis e ainda converteu o último do time mineiro.

O Jogo foi bem fraco tecnicamente e teve sua principal jogada vindo do time brasileiro logo no início da partida, o que resultou na defesa do goleiro Rossi. Confira nossa análise do jogo:

Dessa chance em diante, o jogo foi fraco técnicamente, com o time argentino encaixando muito bem a marcação pelo meio e forçando o Galo a fazer lançamentos que na maioria das vezes foi sem sucesso.

O segundo tempo se iniciou de uma forma tensa e teve seu apogeu no lance mais polemico da partida.Em uma falta cobrada para área, Éverson saí mal, não consegue encaixar a bola, “bate roupa”, e solta no pé do jogador argentino que joga pro fundo da rede. Porém quando o goleiro do galo saiu, ele trombou com um jogador argentino, e o mesmo estava milimétricamente impedido, portanto o gol foi anulado.

Depois da metade do segundo tempo, o time argentino sentiu muito a parte física e recuou mais ainda as linhas, assim o time brasileiro ficava mais com a bola no campo de ataque, porém devido a distribuição tática dos argentinos, o Galo não conseguiu levar grande perigo.

A partida não teve mais grandes emoções, e foi aos pênaltis, e nas cobranças da marca penal, Éverson se consagrou. O goleiro pegou 2 cobranças e guardou no fundo da rede o último pênalti, que classificou o time mineiro para as quartas de final. Uma noite que ficará na lembrança de todos atleticanos e do goleirão Éverson.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top