Conmebol Libertadores

Análise: Flamengo venceu na sorte! E isso é péssimo

Michael, autor do gol do Flamengo contra o Defensa y Justicia (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
(Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O Flamengo foi até a Argentina e conseguiu um vitória sobre o Defensa y Justicia. Michael fez o gol da vitória ainda no primeiro tempo. E o rubro-negro saiu na frente na disputa por uma vaga nas quartas de final da Libertadores.

No entanto, o jogo foi muito abaixo do que o mais pessimista torcedor rubro-negro poderia imaginar. De longe, foi o pior jogo do Flamengo nos últimos tempos. E Renato Gaúcho mostrou que é uma pessoa que te muita estrela, e isso vem desde a época em que era jogador.

Óbvio que não dá para colocar a culpa do fraco desempenho no treinador. Este foi o primeiro jogo de Renato à beira do campo. Mas, assustou.

O Flamengo teve uma saída de bola escrúxula, com diversos problemas. Diego Alves, em vários momentos, errou o passe e permitiu boas finalizações do adversário.

A ida da bola da defesa para o meio também foi muito prejudicada. Claro que a marcação do Defensa foi bem feita, mas faltou muita movimentação e participação do quarteto de frente.

O Mais Querido teve apenas 30% de posse de bola no segundo tempo, de acordo com o Footstats. Um número extremamente baixo para os padrões rubro-negros. E essa mudança, junto com a troca do sistema de marcação, preocupa.

Mais detalhes sobre o jogo no vídeo abaixo. Assista e deixe seu comentário.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top