Copa do Brasil

Análise: Fluminense consegue reverter placar e se classifica na Copa do Brasil

Foto: Mailson Santana/FFC

O Tricolor entrou em campo pressionado para reverter o resultado do jogo de ida na Copa do Brasil, com Roger Machado pressionado pelo torcedor.

Logo aos três minutos, Manoel aproveita cruzamento de Egídio para deixar o placar agregado em igualdade.

O Flu cometeu falhas na primeira etapa, aproveitando pouco as inversões com grandes espaços permitidos pelo Criciúma no lado oposto ao do portador da bola do Fluminense.

Fred pouco se movimentava, ficando encaixado na última linha adversária e facilitando a marcação. Com essa característica, o ídolo pouco tocou na bola nos primeiros 45 minutos.

Na segunda etapa, Roger muda a característica de movimentação da equipe, tendo Gabriel Teixeira e Luiz Henrique muito móveis, com liberdade para aproximar dos atletas que tinham a bola e explorar o potencial físico na velocidade. Dessa forma, o Flu constrói os dois gols que determinaram o placar final no início da segunda etapa, um com cada garoto de Xerém.

Fred passou a atuar com mais liberdade para sair da área e deu a assistência para o terceiro gol.

Os destaques da partida foram os dois garotos e Egídio, que atuou com bastante consistência, tendo participação decisiva em dois dos três gols tricolores.

Resultado justo em um jogo muito bem controlado pela equipe de Roger Machado, que passa de fase na principal competição eliminatória do país. Confira a análise!

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top