Tática ENM

Análise: Inter mantém sequência ruim em empate contra o Ceará

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O Internacional empatou com o Ceará em casa pela 5º rodada do Campeonato Brasileiro. Trata-se de mais uma partida deficitária taticamente da equipe do Rio Grande do Sul.

O Inter não teve resultado, e muito menos desempenho na tarde deste último domingo(20).

Abordar os erros defensivos do Internacional já vem se tornando banal e até um pouco redundante, pois partida sim, partida também a equipe se mostra bem desorganizada em determinados pontos do jogo sem a bola. Vide as 3 primeiras imagens.

Logo, abordaremos a questão dos dois atacantes. Na formatação tática escolhida por Osmar Loss, tanto Galhardo, quanto Yuri Alberto realmente atuaram como uma dupla de ataque. Ambos os jogadores se posicionaram um ao lado do outro para conferir profundidade para a equipe.

No entanto, o Internacional foi uma equipe pobre em termos de criação, teve muita dificuldade na saída de jogo, além de jogar com as linhas bem espaçadas, e consequentemente não conseguiu criar muito na primeira etapa. Abusou dos lançamentos para os dois atacantes e algumas bolas cruzadas na área de forma alheia e pouco pensada. O resultado disso não é muito difícil de se imaginar, a equipe gaúcha assustou pouquíssimo a meta do Ceará.

Ademais, tanto Yuri, quanto Galhardo são jogadores de características diferentes, porém ambos se movimentam bastante. Yuri é um jogador que já chegou até a atuar como extremo, ataca muito bem os espaços e tem a projeção como uma de suas características principais. Já ao que tange ao Galhardo, este é um jogador bastante associativo, desce para buscar jogo e conceder opção de passe. No entanto, os dois ficaram encaixotados na marcação do Vovô e foram pouco produtivos.

O Inter até teve a posse de bola, porém esta era uma posse de bola que não gerava perigos e mais, potencializava o estilo de jogo reativo do Ceará, que teve algumas chances para virar a partida na segunda etapa. Era confortável para a equipe cearense deixar a bola com o Inter, até porque este não sabia o que fazer com ela.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top