Conmebol Libertadores

Análise: Ousadia de Crespo funciona. Miranda, Benítez e Rigoni voltam ao time titular em grande estilo.

Atuações ENM: Marquinhos e Rigoni são destaques e garantem a classificação do São Paulo; veja notas
Rigoni e Marquinhos se destacaram na vitória do São Paulo(Divulgação/São Paulo)

O São Paulo teve grande atuação na Argentina e venceu a equipe do Racing pelo placar de 3 a 1. Marquinhos e Rigoni(2 vezes) marcaram para o Tricolor, Correa descontou para os argentinos.

O São Paulo começou com marcação em bloco alto desde o começo da partida, pressionando a saída de bola do Racing e a partir disso, conseguiu criar boas oportunidades.

A movimentação dos jogadores de frente do São Paulo, especialmente Marquinhos e Rigoni, desestabilizava a marcação do Racing. Benítez e Gabriel Sara também eram fundamentais para dar qualidade no passe e quebrar as linhas de marcação, acionando a velocidade dos atacantes do Tricolor.

O Tricolor conseguiu abrir o placar após uma bela transição ofensiva construída por Miranda. O zagueiro do São Paulo desarmou o ataque do Racing e fez um belíssimo lançamento para Marquinhos avançar e finalizar na trave. Rigoni de forma muito inteligente se posicionou para ter o rebote no espaço vazio e com isso abriu o placar para o São Paulo.

No segundo tempo, o São Paulo manteve a marcação alta e conseguiu marcar o segundo gol após erro na saída de bola do Racing. Liziero conseguiu ótima antecipação e acionou Benítez que faz uma bela enfiada de bola para Marquinhos progredir e conseguir a finalização cruzada para marcar o segundo gol Tricolor.

O terceiro gol não demorou muito para sair, Wellington tabelou com Rigoni escapando da marcação e acionou Marquinhos pela esquerda que consegue a jogada em profundidade para cruzar para Rigoni sozinho marcar o gol São Paulino encaminhando cada vez mais a classificação.

Após o terceiro gol, o São Paulo baixou a intensidade de forma a não correr tantos riscos na sua defesa. O Racing conseguiu diminuir após bela finalização de Correa no canto esquerdo de Tiago Volpi após a defesa do São Paulo ter dado espaço. O Racing ainda conseguiu exigir defesas de Volpi mas o time argentino já parecia abatido.

O jogo terminou com uma bela atuação do São Paulo, que ganhou na base da intensidade da marcação alta, qualidade no passe dos seus meias e leveza do ataque que levou vantagem sobre a lenta recomposição do Racing.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top