Mais Esportes

Andrea Gaudenzi, presidente da ATP, cogita Masters 1000 na grama

Presidente ATP
Divulgação/Facebook Wimbledon

Andrea Gaudenzi, presidente da ATP, falou da possibilidade ter ter um Masters 1000 na grama. A entrevista foi dada para o The Times, jornal britânico com sede em Londres, Reino Unido. O certame aconteceria antes de Wimbledon e serviria de preparação para o Grand Slam.

Atualmente, três dos eventos Masters 1000 são jogados no saibro e os outros seis em quadras duras, mas Gaudenzi está de olho para melhorar os torneios Halle ou Queen’s Club, ambos 500, para um status superior na gira da grama. Esse tipo de torneio só fica atrás dos Majors quando falamos em prestígio.

— Eu pessoalmente gosto do conceito de ter um torneio ATP Masters 1000 na grama na semana do Queen’s e Halle. É algo que propus aos stakeholders e ao conselho.

Nunca houve um torneio Masters 1000 feito na grama na história do tênis. Os eventos organizados para a preparação de Wimbledon são torneios ATP 500 e ATP 250 na Alemanha, Grã-Bretanha e Holanda.

— Gosto do conceito de um Masters 1000 forte levando a Wimbledon. Temos um Grand Slam na grama, mas não um Masters 1000. Obviamente, terá de ser discutido por todos, mas pode ser uma forma de trazer um grande evento para o Reino Unido — completou Andrea Gaudenzi.

A temporada na grama deste ano precisou ser interrompida por causa do adiamento do Aberto da França em razão da pandemia do novo coronavírus. O Slam no saibro terminará no dia 13 de junho, duas semanas antes do início esperado de Wimbledon.

LEIA MAIS

Em jogo de tirar o fôlego, Nadal bate Tsitsipas e levanta 12ª taça do ATP de Barcelona

Federação Francesa bane tenista de participar das Olimpíadas; entenda o caso

Nishikori revela que Federer serve de inspiração: ‘É divertido ver Roger em quadra’

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top