Futebol Internacional

Antes da partida contra o São Paulo, Gallardo afirma: “Vamos brigar para vencer”

Foto: Reprodução/River Plate
— Continua depois da publicidade —

As vésperas do retorno da Libertadores, o técnico Marcelo Gallardo concedeu entrevista coletiva, na tarde desta terça-feira (15). Dois dias antes de enfrentar o São Paulo pelo campeonato, o treinador destacou os principais pontos do duelo.

Treinando a mais ou menos um mês, o time de Gallardo poderá ter uma desvantagem em relação ao de Diniz, visto que voltou a treinar a pouco tempo e também não disputou nenhuma partida desde o retorno do futebol. O treinador do River Plate relembrou a todo momento essa diferença de ritmo e afirmou que usará o jogo de quinta-feira como um parâmetro:

– Vamos estar em desvantagem já que ficamos parados por muito tempo, não pudemos voltar a treinar antes e outros países já estão treinando faz tempo. Vamos tentar fazer dentro das possibilidades que temos. Eu sou uma pessoa que pensa positivo e vamos chegar dentro das melhores condições possíveis. Vamos ter as respostas na quinta, contra o São Paulo. Vamos esperar quinta para ver o que vai acontecer, será um parâmetro. 

Apesar das diferenças em ritmo de jogo e treinamento, Marcelo Gallardo afirmou que irá com o melhor que tem para a partida, e que não deixará o jogo fácil para o Tricolor:

– Eu estou convencido que não vamos entregar o jogo, será uma disputa. Não vamos fazer algo que não estamos acostumados a fazer e por isso digo, vamos tentar tratar de jogar da melhor maneira possível, como sempre fizemos. Com muitas desvantagem, talvez perdemos já que não estamos acostumados, mas a ideia é dentro das possibilidades que temos, brigar para vencer.

 Por conta de lesão, o atacante Lucas Pratto não jogará a partida contra o São Paulo. Outra baixa é a do lateral-esquerdo Milton Casco, que está com covid-19. Seu substituto provavelmente será Fabrizio Angileri, e Gallardo falou sobre o jogador e sua possível escalação contra o São Paulo:

– Ele não teve muita participação desde que chegou, mas tem que estar preparado para uma situação como essa (entra no lugar do Casco). A ideia é que esteja melhor preparado possível para quando for jogar esteja pronto, isso é o que esperamos de todo e qualquer jogador de futebol. É uma possibilidade que ele jogue sim.

Sobre disputar um torneio em meio a uma pandemia, o treinador afirmou não temer e que viajar ao Brasil, um dos países com mais casos de Covid no mundo, não o preocupa:

– Nós sabemos quais são as condições do Brasil, nós não vamos fazer um tour em São Paulo, nós vamos do aeroporto para o hotel, do hotel para o jogo e depois voltar. Eu não tenho temor a isso (coronavírus).”

Gallardo ainda disse não saber qual será a escalação inicial, mas não descarta a opção de usar uma linha com três defensores. O treinador disse que definirá a equipe até a próxima quarta-feira (16).

Para saber tudo sobre o futebol argentino, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo