Futebol Internacional

Antes do reencontro com o Barcelona, Kimmich relembra goleada de 8 a 2: ‘Foi especial, não apenas pelo resultado’

Kimmich lembra goleada contra o Barcelona
Foto: Via Imago Images

A UEFA Champions League terá uma rodada de abertura que coloca frente a frente Barcelona e Bayern de Munique, pouco mais de um ano da goleada histórica por 8 a 2 do time bávaro. Com uma partida nesse reencontro, Joshua Kimmich lembra como foi esse resultado impressionante:

– Foi por causa do futebol que jogamos, do estilo, da alta pressão e da intensidade. Estávamos marcando muitos gols e teríamos preferido vencer por 4-3 em vez de 1-0 – declarou.

Depois desse jogo, muito se comparou e lembrou da vitória da Alemanha sobre o Brasil por 7 a 1 na semifinal da Copa do Mundo de 2014. Kimmich não fugiu da pergunta e respondeu qual jogo foi mais importante para o torcedor alemão:

– Para o país, 7-1 foi incrível, mas para nós o Bayern de Munique 8-2 foi especial, não apenas pelo resultado. Na Alemanha você é torcedor do Bayern ou odeia o Bayern, mas naquele dia todos queriam que ganhássemos – afirmou o meia.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram

As duas equipes vivem momentos diferentes do que foi aquele 14 de agosto de 2020. O Barcelona vive momento de transição após a saída de Lionel Messi e busca se reestruturar enquanto o Bayern de Munique já é uma equipe pronta e do mais alto nível do futebol europeu. O meia Kimmich também falou de suas expectativas para a partida e sobre a situação do Barça:

– Quando eu era jovem acompanhava o Barcelona pelo o Messi, agora será interessante ver o time sem ele. Existem muitos jogadores jovens como Pedri e De Jong e outros com experiência como Busquets, Depay e Marc (Ter Stegen). Estou ansioso para ir para o Camp Nou, vai ser uma partida difícil.

+ Leia mais sobre o futebol internacional clicando aqui

O técnico Julian Nagelsmann fará o seu primeiro jogo a frente do Bayern de Munique na Champions League e também comentou sobre enfrentar o Barcelona nesse novo momento da sua história.

– Eles certamente não têm mais a extravagância de um Messi. Mas têm outros jogadores que desempenham um papel importante. Estamos preparados para tudo. Não acho que estejam muito piores. Definitivamente, queremos buscar os três pontos – afirmou.

Foto: Markus Fischer/Passion 2 Press via Imago Images

– A reivindicação do Bayern é estar entre os três primeiros da Europa. É claro que é o título mais desejável do futebol europeu de clubes. Acho que todos os jogadores querem ganhar o título novamente. O mesmo se aplica a mim, é claro – acrescentou.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top