Campeonato Brasileiro

Antes e depois da parada por Coronavírus: Um Raio-X do Grêmio no ano

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
— Continua depois da publicidade —

Estamos vivendo um ano atípico não só nas nossas vidas, mas no futebol. Quando as competições foram canceladas em março, sem previsão ao certo de retorno, muitas dúvidas começaram a surgir sobre o desempenho das equipes no restante de 2020.

Essa parada, causou um grande impacto financeiro nos clubes e físico e tático nos clubes. Em meio a demissões e ajustes de salários em todos os setores, os times voltaram as competições e suas rotinas de treinos e jogos. Com o Grêmio não foi diferente, voltando após mais de 100 dias, sem jogos oficiais, logo em um clássico Gre-Nal disputado no dia 22 de julho.

O GRÊMIO ANTES DA PANDEMIA

O ano de 2020 do Grêmio começou com a disputa do Campeonato Gaúcho e Libertadores, onde foi descoberto no sorteio, que teria o primeiro Gre-Nal da história da competição. O Tricolor Gaúcho foi ao mercado e se reforçou com nomes como o goleiro Vanderlei, os laterais Caio Henrique, Orejuela, Victor Ferraz, os meias Lucas Silva e Thiago Neves, além do centroavante Diego Souza.

Até a parada por causa da pandemia, o Grêmio perdeu a final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho e disputou duas partidas pela Libertadores, somando quatro, dos seis pontos disputados. Um desses jogos foi o Gre-Nal marcado por oito expulsões. Confira os números e feitos do Grêmio até 15 de março de 2020:

8 vitórias – Sete pelo Gauchão e uma pela Libertadores  

1 empate – Gre-Nal pela Libertadores

3 derrotas – Todas no Campeonato Gaúcho (Caxias 2x e Aimoré)

4 pontos dos 6 disputados na Libertadores

25 pontos conquistados dos 36 disputados no geral

19 gols marcados – 17 no Campeonato Gaúcho e 2  na Libertadores

8 gols sofridos – Todos no estadual

Vice do primeiro turno do estadual

Segundo colocado no Grupo E da Libertadores

O GRÊMIO DEPOIS DO RETORNO DAS COMPETIÇÕES

A volta das competições para o Tricolor Gaúcho foi marcada pelo clássico Gre-Nal, válido pela fase de grupos do segundo turno do Gauchão, vencido pelo Grêmio no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, por 1 a 0, gol marcado por pelo meio campo Jean Pyerre. Mas essa segunda etapa do ano, além do estadual, contou com a estreia do clube no Campeonato Brasileiro. 

As contratações também não pararam, o Grêmio buscou o atacante Luiz Fernando, vindo do Botafogo, Everton, vindo do São Paulo e o meia Robinho, ex-Cruzeiro. O camisa 10, Thiago Neves, teve seu contrato rescindido com o clube, Everton Cebolinha foi vendido para o Benfica e Luciano foi para o São Paulo. Confira os números do Imortal após o retorno do futebol até o último jogos disputado, no dia 6 de setembro, no empate em 1 a 1, contra o Atlético Goianiense:

5 vitórias – Uma pelo Campeonato Brasileiro e quatro no Campeonato Gaúcho

7 empates – Cinco pelo Campeonato Brasileiro e dois pelo Campeonato Gaúcho

2 derrotas – Uma derrota no Brasileirão para o Sport em casa e uma na final do Campeonato Gaúcho para o Caxias, também na Arena

22 pontos conquistados dos 42 pontos disputados no geral

8 pontos conquistados, dos 21 conquistados no Campeonato Brasileiro (lembrando que o Grêmio tem um jogo adiado contra o Goiás)

16 gols marcados, 5 no Brasileiro, 11 no estadual

11 sofridos, 5 no Brasileiro e 6 no estadual

Campeão do Gauchão 2020

14º lugar no Campeonato Brasileiro (com um jogo a menos)

Para saber tudo sobre o Grêmio, siga o Esporte News Mundo no FacebookTwitter Instagram

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo