Basquete

Antetokounmpo sai machucado, Bucks vence e força jogo 5 contra Heat

Douglas P. DeFelice/Getty Images
— Continua depois da publicidade —

O Milwaukee mostrou poder de reação e conseguiu vencer o Miami Heat mesmo sem Giannis Antetokounmpo em quase todo o jogo. Com o grego novamente sendo a lesão no tornozelo, os Bucks conseguiram mostrar todos o poder do elenco e decidir o duelo em 118 a 115 na prorrogação.

A vitória da franquia de Mike Budenholzer força o jogo 5 que será disputado na próxima terça-feira. Para evitar a eliminação, os Bucks precisam vencer as próximas três partidas, algo que seria inédito na liga. Além disso, Milwaukee não deve ter Antetokounmpo para o restante da série caso a lesão tenha agravado.

EQUILÍBRIO NO INÍCIO, BUCKS MELHORES NO FIM

Era tudo ou nada para o Milwaukee Bucks em busca de permanecer vivo na série. Com Giannis mais participativo, a franquia até parecia que colocar maior pressão no Miami, mas o ímpeto não durou muito e o Heat com duas bolas de três de Jae Crowder abriu nove pontos de vantagem que durou durante quase todo o primeiro quarto.

No segundo período, os Bucks conseguiram melhor e novamente com Antetokounmpo encostaram de vez no placar e reduziram a desvantagem em duas posses de bola. Com a troca de ataques e defesas baixas, as tentaram pontuar de dentro e fora do garrafão. Na metade do segundo quarto, o grego buscou fazer um arremesso curto, mas ao equilibrar o corpo acabou novamente sentindo a lesão do tornozelo e não voltou mais para o duelo. Mesmo sem seu principal jogador, Milwaukee continuou pressionando Miami e conseguiu assumir a liderança do duelo. 50 a 48.

Giannis saiu machucado ainda no segundo quarto e é dúvida para o jogo cinco contra o Miami Heat (Douglas P. DeFelice / Getty Images)

HEAT CRESCE NO JOGO E MIDDLETON EVITA VARRIDA

A volta do intervalo trouxe as equipes buscando pontuar, ofensivas, tentando arremessos de todos os lados da quadra, mas com o Heat apresentando sinais de que poderia voltar a crescer. Sem o principal jogador, os Bucks foram mais cooperativos e conseguiram tranquilamente se manter dentro do jogo com a vantagem, mas aos poucos as bolas de três começaram a fazer uma diferença crucial.

O Heat que passou quase o segundo e terceiro quarto atrás do placar voltou a melhorar no jogo e assumir as principais ações. Enquanto o cansaço e a desatenção de Milwaukee prejudicavam o time, Miami conseguia capitalizar principalmente com Jimmy Butler que não fez um grande jogo, mas quando o time precisou o ala mostrou a sua importância para o elenco. Nos últimos segundos, a derrota por um ponto dos Bucks foi salva com uma falta em Divincenzo que depois de perder o primeiro arremesso acabou convertendo o segundo e empatando o duelo.

Na prorrogação, Miami começou abrindo o placar com Jimmy Butler, mas os seguidos erros e a falta de pontaria contribuíram para que Milwaukee conseguisse aproveitar em poucas oportunidades. Com Tyler Herro ainda buscando trazer a equipe novamente para o jogo, o Heat se precipitou em vários lances e acabou abrindo espaço para a equipe de Wisconsin que teve calma para resolver e buscar as melhores oportunidades de jogo para evitar uma varrida da equipe.

MAIORES PONTUADORES

Miami Heat: Bam Adebayo (26 pontos, 12 rebotes e 8 assistências) e Duncan Robinson (20 pontos, 5 rebotes e 3 assistências).

Milwaukee Bucks: Khris Middleton (36 pontos, 8 rebotes e 8 assistências) e Giannis Antetokounmpo (19 pontos e 4 rebotes).

Siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo