Campeonato Brasileiro

Athletico vence o Flamengo na Baixada e complica rival na busca do título do Brasileirão

Foto: José Tramontin/Athletico

O Athletico recebeu neste domingo o Flamengo, na Arena da Baixada, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020. A vitória por 2 a 1 fez o Furacão subir para a 11ª posição na tabela com 42 pontos. O Fla, por sua vez, seguiu com 55, em terceiro.

Na próxima rodada, o Athletico enfrenta o Ceará, em Fortaleza, no domingo que vem. Já o Flamengo, quinta, faz jogo atrasado contra o Grêmio.

PRIMEIRO TEMPO

No primeiro tempo, o time carioca começou o jogo tomando as iniciativas e circulando a área athleticana. Aos poucos o Furacão se encontrou e equilibrou a partida, em saídas rápidas pelos pés de Nikão, o rubro-negro paranaense começou a agredir o gol de Hugo, que fez defesas importantes, mas não conseguiu defender o chute de Abner aos 25 minutos.

O Flamengo se recompôs e buscou o empate, que veio aos 34 e cobrança de falta pelo lado direito do ataque, que continuou pressionando em busca da virada com jogadas pelo lado direito com Everton Ribeiro e Arrascaeta. No final do primeiro tempo, Gabigol e Fernando Canesin se estranharam e o Athletico pediu falta do atacante flamenguista, mas nada foi marcado pelo árbitro da partida. O primeiro tempo acabou em empate por 1 a 1.

SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, inicialmente as duas equipes voltaram com as mesmas equipes, e com o Flamengo pressionando mais a saída de bola do Athletico, mas na metade do segundo tempo, Paulo Autuori mudou o meio-campo e colocou Vitinho e Khellven, no ataque e na lateral-direita respectivamente.

E foi em uma jogada pela direita que Thiago Heleno roubou a bola, lançou para Khellven que cruzou e Renato Kayzer finalizou fazendo o segundo e definitivo gol da partida, o Flamengo esboçou uma reação mas o Athletico controlou bem o ímpeto flamenguista e confirmou a vitória na Arena da Baixada.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR MAIS DESTE TEMPO REAL

Para saber tudo do Campeonato Brasileiro, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top