Campeonato Brasileiro

Botafogo e Fluminense ficam no 1 a 1 e se complicam no Brasileirão

(Bruna Prado/Getty Images)
— Continua depois da publicidade —

Rei dos empates no Brasileirão, o Botafogo não fugiu a regra neste domingo. Apesar de ter uma atuação melhor e criar um caminhão de chances, o Alvinegro, pela nova vez em 13 jogos, ficou no 1 a 1 com o Fluminense, no estádio Nilton Santos, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O gol do Tricolor veio após jogada confusa onde Kevin, lateral do Alvinegro, acabou colocando a bola para dentro do próprio gol. Caio Alexandre, já no segundo tempo, igualou o placar.

Primeiro tempo

O Botafogo, apesar da troca de técnico, foi a campo com a formação de três zagueiros que vinha sendo utilizada por Autuori. Nos primeiros minutos, até que funcionou o esquema com produção de algumas jogadas de perigo., Kalou, dentro da área, bateu cruzado para Matheus Babi. O centroavante não conseguiu chegar a tempo de empurrar a bola para o fundo da rede. Minutos depois, em nova jogada do marfinense, Rhuan acertou a trave de cabeça.

Mas o futebol é cruel e como diz o ditado: ‘Quem não faz, leva’. E as regras não ditas do esporte bretão não falham. No lance seguinte após a bola na trave de Rhuan, o Fluminense abriu o placar. Em jogada de escanteio, Fred cabeceou mas Cavalieri espalmou. Em seguida, Victor Luís não conseguiu afastar e Kevin mandou contra a própria meta. Mesmo não jogando tão bem, o Tricolor finalizou a primeira etapa em vantagem.

Segundo tempo

No retorno para o segundo tempo, o Botafogo voltou jogando melhor e criando mais chances. Mas a pontaria e a boa atuação de Muriel, impediu que o Alvinegro empatasse. Aparentemente satisfeito com o resultado, o Fluminense administrou o jogo e pouco produziu ofensivamente, inclusive abusando das paralisações por lesão.

Melhor em campo, o Alvinegro seguia abusando de perder as chances. Mas após falta cobrada por Rafael Forster na barreira, Caio Alexandre aproveitou a sobra de bola e acertou belo chute para empatar a partida. O gol despertou o apetite do Glorioso, que seguiu produzindo mas com a pontaria completamente descalibrada. O Flu acordou na partida e foi para cima, exigindo algumas defesas de Cavalieri, mas sem muita complexidade.

Pontaria descalibrada

Ao longo do jogo, o Botafogo colocou duas bolas na trave e perdeu dois gols dentro da pequena área. A vitória não veio por falta de oportunidades, e sim pela completa falta de pontaria do ataque Alvinegro. Além disto, Muriel teve atuação segura e foi bem todas as vezes em que foi exigido. No gol, pouco pode fazer para impedi-lo.

Fluminense se acomoda e sai no lucro com o empate

Após o gol no primeiro tempo, naturalmente o Fluminense usaria mais o contra-ataque na segunda etapa. Mas o que se viu foi até certo ponto um comodismo por parte do time Tricolor que pouco agrediu no ataque e deu espaço para o Botafogo empatar.

Após o gol sofrido, até esboçou uma postura mais ofensiva mas já era tarde demais. Pela chances desperdiçadas pelo adversário, o Fluminense sai no lucro com um ponto conquistado.

Ruim para o Fluminense, péssimo para o Botafogo

Mesmo após a mudança de treinador, com a saída de Autuori e chegada de Lazaroni, a sina para os empates do Botafogo não se quebra. E aprofunda ainda mais a grave crise técnica do time. Com nove empates em 13 jogos, o Alvinegro já está há nove jogos sem vencer e pode acabar a rodada na lanterna do Brasileirão. Na quarta-feira, o Glorioso volta a campo e recebe o Palmeiras, no Nilton Santos, às 21h30.

O Fluminense desperdiçou a chance de chegar ao G-4 e embalar a segunda vitória seguida, após uma dolorosa eliminação na Copa do Brasil. Com 18 pontos, o Tricolor temporariamente fica na sexta posição mas ainda pode despencar na tabela ao fim da rodada. Também na quarta, o Flu vai à Goiânia para encarar o Goiás, às 20h30.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR MAIS DESTE TEMPO REAL
Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top