Botafogo

Navarro chama a responsabilidade, Botafogo vence de novo e mantém boa sequência na Série B

(Vitor Silva / BFR)

O Botafogo venceu mais uma na Série B, chegou à sua quinta vitória consecutiva, a décima nos últimos 12 jogos e assumiu, provisoriamente, a vice-liderança da competição! A vítima da vez foi o Náutico, batido pelo placar de 3 a 1, neste sábado, no Nilton Santos, pela 21ª rodada do campeonato Nacional. Luis Oyama e Rafael Navarro (2) fizeram para o Alvinegro, enquanto Jean Carlos diminuiu para o Timbu.

O Botafogo chegou na vice-liderança de maneira provisória (depende que o Goiás não ganhe do Brasil de Pelotas em jogo que ocorre ainda hoje, às 19h) com 44 pontos e está a 4 pontos do líder Coritiba, na briga pelo título. O time também abriu 6 pontos para o Guarani, primeiro clube fora do G-4. A próxima partida do alvinegro é contra o CSA, fora de casa, na próxima quinta-feira (23/09), às 19h30.

A PARTIDA

O jogo começou com o Náutico sufocando a equipe carioca, marcando alto e atrapalhando a saída de bola do Botafogo. E aos 8 minutos a estratégia pernambucana surtiu efeito. A bola foi recuperada e alçada na área alvinegra por Hereda, passou por todo mundo e sobrou na linha de fundo com Vinicius, que rolou para a meia-lua e Jean Carlos chegou batendo firme, no canto direito de Diego Loureiro que nada conseguiu fazer.

Após o gol, o Náutico recuou demais e chamou o Botafogo para seu campo. Foi a partir daí que o ‘Glorioso’ começou a tomar conta do jogo. A primeira chegada foi aos 17 minutos, com Marco Antônio, que recebeu de frente para a defesa adversária e bateu com força no canto esquerdo de Alex Alves, mas a bola foi pra fora.

Na segunda vez, aos 19, Chay passou a bola para Marco Antônio, que serviu Navarro. O atacante invadiu a área pelo lado esquerdo e bateu firme, mas a bola foi na rede pelo lado de fora. Depois, aos 25, foi a vez de Marco Antônio perder um gol incrível sem goleiro. Chay foi acionado nas costas da marcação do Náutico pelo lado direito, invadiu a área e bateu cruzado.

Marco Antônio, quase em cima da linha do gol, se jogou e tocou na bola, mas ela subiu e foi pra fora. Foi só aos 41 que Luís Oyama, que entrou na vaga de Pedro Castro aos 14 minutos de jogo, recebeu de frente para o gol e arriscou de fora da área. A bola desviou no meio do caminho e tirou as chances de defesa de Alex Alves, 1 a 1.

No 2º tempo, o Náutico buscou fazer a mesma estratégia do início do jogo, mas sem êxito. O Botafogo dominava as ações em campo e aos 6 minutos virou o jogo em gol de Rafael Navarro que chutou após Alex Alves espalmar para o meio da área um bom chute cruzado de Chay. 2 a 1!

O Náutico sentiu a virada e depois disso não conseguiu ter forças para assustar a meta alvinegra. Já o Botafogo teve inúmeras chances de ampliar e matar o jogo, a maioria com Navarro, mas o jogador falhou em quase todas. Já no fim, aos 52, e com o Náutico desesperado pelo empate e todo no ataque, Diego Gonçalves puxou o contra-ataque e serviu Navarro, que livre bateu forte para o fundo das redes e definiu a parada. 3 a 1 para o Fogão!

Com os dois gols, Navarro chegou ao nono gol na Série B e se tornou o artilheiro do clube na competição. Ele também é o que mais participa de gols do time, contando ainda com 7 assistências. Já Chay não marcou gol, mas deu dinamismo ao meio-campo do Botafogo e teve importante participação em mais uma vitória, a décima em 12 jogos e a quinta em sequência.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR MAIS DESTE TEMPO REAL

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top