Cruzeiro

Cruzeiro vence o Brusque no Mineirão e caminha para garantir permanência na Série B

Cruzeiro x Brusque Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Nesta terça-feira (9), em seu retorno ao Mineirão, e de casa cheia, o Cruzeiro venceu o Brusque, por 2 a 0, em jogo válido pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Os gols da Raposa foram marcados por Vitor Leque e Giovanni.

Com a vitória, a Raposa se aproxima cada vez mais de eliminar as chances de queda e garantir a permanência na segunda divisão nacional. Ainda, com o resultado, o Cruzeiro chegou aos 46 pontos e assumiu a décima colocação na tabela. Já o Brusque, com a derrota, segue com 38 pontos. O time catarinense é o 16º colocado.

O JOGO!

O primeiro tempo começou com o Cruzeiro melhor em campo e buscando se impor mais sobre o Brusque. Não à toa, foi a Raposa que chegou mais ao campo de ataque nos minutos iniciais, apesar da ausência de perigo. O time catarinense, por sua vez, priorizava, a princípio, a defesa.

Com o decorrer do cronômetro, o Cruzeiro passou a oferecer mais perigo, até que abriu o placar com Vitor Leque. Após o balançar das redes, no entanto, o Brusque passou a atacar mais e gostar do jogo. Fábio salvou o clube mineiro por diversas vezes até o apito soar e sinalizar o fim do primeiro tempo.

Na volta para a etapa complementar, o Cruzeiro já entrou em campo com mudanças. E antes mesmo que as equipes pudessem se reorganizar em campo, Giovanni chutou forte de fora da área para encobrir o goleiro e marcar um golaço. Placar ampliado no Mineirão. 2 a 0.

E assim seguiu o placar até o fim da partida, mesmo com chances de gol para ambos os lados. Fábio salvou muito a Raposa.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS!

Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrenta o Vitória, fora de casa, no domingo (14), às 19h. Enquanto isso, o Brusque recebe o CRB na segunda-feira (15), em pleno feriado nacional, às 16h. Ambos os duelos são válidos pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR MAIS DESTE TEMPO REAL
Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top