Campeonato Brasileiro

Ceará tem atuação de gala, derrota o Flamengo no Maracanã e aumenta pressão na Gávea

(Photo by Bruna Prado/Getty Images)

Um time campeão sempre mostra sintonia entre jogadores e técnico. Assim também como uma equipe insegura e perdida passa por um comando confuso e incerto. Este parece o cenário do Flamengo. Com Rogério Ceni cada vez mais pressionando e um grupo perto do ponto de erupção, a tarde deste domingo jogou ainda mais calor no incêndio que vem aumentando na Gávea, com a derrota por 2 a 0 para o Ceará, no Maracanã, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Engana-se quem vê o resultado e acha que o Flamengo fez um jogo ruim. De fato não fez, mas abusou dos erros e principalmente do desperdício de chances na cara do gol, com Pedro tendo pelo menos três oportunidades claras para mudar a história da partida. Quem não tinha nada a ver com isto e aproveitou bem foi o Ceará, com Vina e Kelvyn para conquistar uma vitória crucial num possível sonho de vaga na Libertadores e afastar qualquer ameaça de queda à Série B.

O que mais incomoda e revolta torcedores e jogadores, que já vem se cobrando publicamente, é que além dos tropeços do Flamengo, o líder São Paulo vem tropeçando, perdeu para o Santos neste domingo. Com a segunda derrota seguida, o Rubro-Negro vê o Internacional e o Atlético-MG disparando na caçada da liderança e Palmeiras e Grêmio já no retrovisor do time da Gávea chegando para pressionar.

Com 49 pontos, o Flamengo segue na quarta colocação, ameaçado até mesmo de perder um lugar no G-4, com a ascensão de Palmeiras e Grêmio no campeonato. Tendo apenas o Brasileirão para disputar, o Rubro-Negro terá oito dias para se preparar e encarar o Goiás, na segunda-feira (18), fora de casa, às 20h.

Já o Ceará sai em êxtase do Maracanã. A vitória leva o alvinegro a 39 pontos, chega à nona colocação e vê o sonho de uma possível vaga na Libertadores cada vez mais real. No próximo domingo, o Vôzão recebe o Red Bull Bragantino no Castelão, às 20h30.

O JOGO

A primeira etapa foi bem ruim tecnicamente, começou com os dois times buscando o ataque, mas sem nenhum deles levar perigo real. Até que aos 10 minutos, Léo Chú invadiu pela esquerda, rolou para a entrada da área e Vina fuzilou o gol de César para abrir o placar.

Depois disso, o Ceará deu a bola ao rubro negro, que apesar ter bastante posse de bola, criou pouquíssima chances reais. Em compensação, o Ceará saía bem nos contra ataques causando bastante perigo a defesa do time carioca.

O segundo tempo foi praticamente um jogo de ataque contra defesa, mas isso não significa que o Flamengo tenha conseguido virar o jogo.

Com muita posse de bola , o Flamengo pressionou durante quase todo a etapa complementar, diferente da etapa inicial, o time carioca criou chances e teve pelo menos quatro oportunidades nítidas de balançar a rede do goleiro Richard.

Porém, aos 45 minutos, o Vozão conseguiu o seu contra ataque mortal. Vina ganhou de Rodrigo Caio, rolou pra Klaus que passou para Kelvyn chutar forte no canto de César, que aceitou. Festa cearense no Maracanã!

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR MAIS DESTE TEMPO REAL
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top