Conmebol Libertadores

Flamengo vacila, mas avança na Libertadores com goleada sobre o Defensa Y Justicia

Alexandre Vidal / Flamengo

Aos poucos, o Flamengo vai achando sua forma de jogar com Renato Gaúcho no comando. Nesta quarta-feira, o Rubro-Negro levou alguns sustos, mas quando encontrou o ritmo de jogo, triturou o Defensa y Justicia e garantiu uma vitória tranquila por 4 a 1, no Mané Garrincha, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores.

Rodrigo Caio abriu o placar e Loaiza empatou após falha bisonha de Diego Alves. Apesar do susto, o Flamengo deslanchou no segundo tempo e Arrascaeta e Vitinho (2), garantiram a classificação e transformaram o placar em goleada. Agora, o clube carioca aguarda o vencedor de Internacional x Olímpia para conhecer seu adversário nas quartas de final da Libertadores.

Flamengo joga melhor mas vacila feio

Mesmo com a vantagem, o Flamengo começou o jogo de maneira ofensiva e abriu o placar logo aos 9 minutos, após cruzamento de Éverton Ribeiro e finalização certeira de Rodrigo Caio. Pouco depois, Bruno Henrique ainda cabeceou na trave e quase ampliou.

Arrascaeta ainda cobrou uma falta de trave, quase encerrando o longo jejum da equipe sem gols marcados desta maneira. Apático, o Defensa y Justicia não ameaçava Diego Alves e chegou a fazer uma substituição na metade da primeira etapa. Contreras, que deixou o campo, teve um ataque de fúria e deu um chute em um microfone que estava por perto.

Parecia que seria uma vitória tranquila e sem sustos, mas uma bobeada incrível no fim da primeira etapa recolocou o Defensa no duelo. Diego Alves recebeu um recuo e tentou dar o passe por cima, mas chutou no corpo de Loaiza, que empatou a partida.

O gol animou o Defensa, que teve uma chegada perigosa no lance seguinte, mas Isla conseguiu afastar o perigo. No fim do primeiro tempo, o jogo estava aberto e tenso, com ambos os técnicos tendo muito o que conversar com suas equipes.

Segunda etapa nervosa, mas reservas fazem o Fla deslanchar

Precisando da vitória e de ânimo renovado, o Defensa y Justicia começou melhor o segundo tempo, mas não conseguiu traduzir a ofensividade em grandes chances de gol. Por outro lado, o Flamengo estava nervoso e levou dois cartões amarelos em seguida, mas manteve a segurança defensiva.

Quando a partida estava começando a ficar perigosa para o clube carioca, Arrascaeta desempatou a partida após Michael, que vive grande fase, receber cruzamento de Filipe Luís e finalizar na trave. No rebote, o uruguaio fez o gol e trouxe alívio para a torcida rubro-negra.

Após o gol, o Flamengo voltou ao status do começo da partida e controlou o placar sem sofrer sustos. Ainda deu tempo para Vitinho, que entrou já no fim, marcar mais dois e transformar a vitória em goleada, garantindo a classificação para as quartas de final. No geral, apesar do susto no fim da primeira etapa, o Flamengo não correu riscos de ser eliminado em momento algum. Mérito de Renato Gaúcho, que manteve os 100% de aproveitamento no comando da equipe rubro-negra e segue encantando o torcedor.

AGENDA

O Flamengo volta a campo no próximo domingo (25), às 16h, contra o São Paulo. O duelo, válido pela 13° rodada do Campeonato Brasileiro, será disputado no Maracanã. Já o Defensa y Justicia retoma o foco na segunda fase do Campeonato Argentino e joga contra o Godoy Cruz, também no próximo domingo, às 13h30.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR MAIS DESTE TEMPO REAL

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top