Conmebol Libertadores

Com brilho dos jovens, Grêmio vence o Guaraní por 2 a 0 e cria boa vantagem na Libertadores

(Photo by NATHALIA AGUILAR/POOL/AFP via Getty Images)

Se dizem que Libertadores é jogo truncado, brigado, disputado, a partida entre Guaraní e Grêmio foi a mostra de que estes adjetivos são verdadeiros. Nesta quinta-feira, o Tricolor se agigantou e fora de casa venceu a equipe paraguaia por 2 a 0, no Defensores Del Chaco, no jogo de ida das oitavas de final da competição continental.

A atuação do Grêmio foi condizente com a história do clube na Libertadores. Uma exibição consistente e madura, tanto ofensivamente e defensivamente. No ataque, Pepê e Jean Pyerre foram os responsáveis por balançar a rede. Na defesa, Vanderlei evitou que meta gremista fosse vazada.

Os 2 a 0 no Paraguai deixam o Grêmio até certo ponto confortável para garantir a vaga nas quartas da Libertadores. O jogo de volta será na próxima quinta-feira (3), na Arena, em Porto Alegre., às 21h30 Mas antes da decisão, o Tricolor já entra em campo na segunda-feira, pela Brasileirão, para encarar o Goiás, às 18h, também em casa.

O JOGO

No primeiro tempo, o Guaraní começou apertando a marcação no meio-campo e iniciou melhor. Depois dos primeiros 15 minutos de partida, o Grêmio tomou conta do jogo: controlou a bola e teve algumas chegadas perigosas, principalmente com Luiz Fernando. Nenhum dos dois times criou chances claras de gol.

As defesas levavam vantagem em relação aos atacantes, ganhando a maioria dos lances. Pedro Geromel merece destaque: seus desarmes foram importantes em algumas chegadas perigosas do Guaraní, além do zagueiro passar toda a segurança para a equipe.

No segundo tempo o jogo mudou, muito por Jean Pyerre aparecer mais pra criar as jogadas, mas principalmente porque o Grêmio passou a trocar passes mais rápidos e criar jogadas de gol. E o gol tricolor saiu com ele, em mais um eficiente contra ataque da equipe Tricolor, em que o camisa 10 finalizou da entrada da área, não dando chances de defesa para Servio.

Depois do gol, o Grêmio conseguiu criar mais chances perigosas, em que poderia ter ampliado a vantagem. Mas o segundo gol veio, com quem mais merecia e criava chances na partida: Pepê. O camisa 25 foi coroado e oportunista ao aproveitar passe Churín e tocar com categoria na saída de Servio. Além da vantagem no placar, o Tricolor ainda teve superioridade numérica após a expulsão de Morel.

Nos acréscimos, Pepê ainda teve mais uma chance de ampliar e praticamente selara a vaga do Grêmio nas quartas da Libertadores, mas a vantagem criada no Paraguai já era gigante até ali e deixa a equipe de Renato Portaluppi em situação confortável para confirmar a classificação em Porto Alegre.

Unable to load Tweets

Para saber tudo da Libertadores, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top