Futebol Internacional

Harry Kane dá show, marca duas vezes e garante mais vitória do Tottenham contra o City

Stu Forster/Getty Images

Em um jogo espetacular e emocionante do início ao fim, o Tottenham vence o Manchester City por 3 a 2, neste sábado (19), no Etihad Stadium, pela 26ª rodada da Premier League.

Com o resultado, os Spurs interromperam uma sequência de três derrotas consecutivas e subiram na tabela: chegaram a 7ª posição com 39 pontos, mas com três jogos a menos no campeonato.

O Manchester City perdeu sua invencibilidade de 15 jogos e viu o vice-líder Liverpool se aproximar. A equipe de Pep Guardiola permanece com 63 pontos, seis a mais do que os Reds. Os gols da partida foram marcados por Harry Kane (duas vezes) e Kulusevski para os vistantes; Gundogan e Mahrez descontaram para a equipe da casa.

O JOGO

Como esperado, o jogo começou com o Manchester City controlando as ações e a posse de bola no campo de ataque. O Tottenham, por sua vez, montou um esquema tático com uma linha de cinco jogadores atrás e quatro no meio campo, mostrando sua intenção de explorar os contra-ataques.

E a estratégia dos visitantes foi a que surtiu efeito logo no início da partida. Aos 4’, Harry Kane encontrou passe espetacular para Son; o sul-coreano entrou cara a cara com Ederson e tocou de lado para Kulusevski abrir o placar em seu primeiro jogo como titular pela equipe londrina.

O Manchester City aumentou a pressão após o gol sofrido, mas a equipe de Pep Guardiola abusava dos levantamentos na área como única forma de jogada de ataque. Bem posicionada, a defesa do Tottenham fazia os cortes com certa tranquilidade.

A primeira jogada pelo chão do time da casa veio aos 16’, quando João Cancelo driblou dois marcadores e chutou colocado rente à trave esquerda de Lloris. Aos 20’, a melhor chance dos Citizens no jogo: Gundogan recebeu passe de Sterling na área, fez o giro e finalizou na trave.

A insistência do City foi recompensada aos 32’ com o gol de empate. Sterling fez o cruzamento pela esquerda buscando De Bruyne, o belga não alcançou a bola, mas Lloris acabou se atrapalhando; a bola sobrou nos pés de Gundogan, que finalizou firme no canto esquerdo e deixou tudo igual. A equipe da casa manteve o ímpeto para virar a partida ainda no primeiro tempo, mas a zaga do Tottenham conseguiu neutralizar as jogadas de ataque até o intervalo.

O panorama do primeiro tempo se repetiu na volta do intervalo. O Manchester City ficava com a bola e sufocava o Tottenham no campo de ataque, mas sempre optando pelos lançamentos na área. A equipe londrina, por sua vez, tinha dificuldades em criar as jogadas de contra-ataque e logo devolvia a bola para os adversários.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Na primeira escapada, no entanto, os Spurs chegaram ao segundo gol: aos 13’, Son lançou Harry Kane na pequena área e o camisa 10, livre, escorou para as redes.

Com o Manchester City subindo ainda mais a marcação, os espaços começaram a aparecer para a velocidade de Son. Aos 18’, o Tottenham quase ampliou o placar: o sul-coreano fez o passe na área para Kane, que finalizou de primeira e Ederson fez a defesa com os pés. Na resposta do City, Gundogan finalizou colocado e Lloris voou no ângulo para fazer a defesa.

A pressão do Manchester City seguia, mas o volume de jogo não se traduzia em chances criadas. Na reta final da partida, Bernardo Silva buscou mais um cruzamento para a área e, dessa vez, Romero errou o corte e colocou a mão na bola. Após revisão no VAR, o árbitro marcou o pênalti e Mahrez cobrou no ângulo esquerdo de Lloris para colocar 2 a 2 no placar.

O duelo parecia caminhar para o empate, mas Harry Kane apareceu de novo para colocar o Tottenham na liderança: aos 46’, Kulusevski chegou à linha de fundo pela direita e cruzou na cabeça do camisa 10, que deixou Ederson pregado no chão para marcar o terceiro gol do Spurs. A equipe de Guardiola até tentou uma reação final, mas os londrinos garantiram a vitória.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR MAIS DESTE TEMPO REAL
Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top