Conmebol Libertadores

Santos coloca o Boca Juniors na roda, tem atuação de gala e garante vaga na final da Libertadores

(Photo by SEBASTIAO MOREIRA/POOL/AFP via Getty Images)

Se alguém ainda tinha alguma dúvida sobre a capacidade do Santos em se superar nesta temporada, a partida desta quarta-feira deixa pouco a ser questionado sobre o time de Cuca. Com uma atuação de gala, o Peixe colocou o Boca Juniors na roda e venceu por 3 a 0, na Vila Belmiro, carimbando a vaga para final da Libertadores.

E a final será contra um do seus maiores rivais: Palmeiras. A final será no dia 30/01, no Maracanã, às 17h. O confronto é jogo único, diferente de toda a fase mata a mata da competição. Diego Pituca, Soteldo e Lucas Braga marcaram os gols do Santos. Mas vale uma menção honrosa a grande partida de Marinho, que faltou apenas o gol para coroar uma atuação de quem é líder e estrela desse time.

Soteldo fez um gos gols da partida em uma jogadaça individual (Photo by Andre Penner – Pool/Getty Images)

A próxima partida do Peixe agora é contra o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro, no domingo (17) às 16h.

DIA DE SANTÁSTICO NA VILA BELMIRO

Os comandados de Cuca dominaram o Boca durante a primeira etapa inteira. Apesar do placar ter ficado 1 a 0, gol de Diego Pituca, em um lance de pura esperteza – porque todos ficaram pedindo pênalti e ele pegou o rebote da finalização e marcou – os argentinos só chutaram uma bola no gol. Enquanto o Peixe chutou 11.

No segundo tempo, o Santos confirmou a vaga na final nos primeiros minutos de partida, marcando dois gols e ampliando o placar para 3 a 0. O primeiro tento desta etapa foi marcado com Soteldo, aos 04 minutos. Ele começou a jogada, foi avançando, cortou para meio e mandou uma bomba no gol de Andrada, que nada pode fazer. O segundo foi marcado por Lucas Braga, dois minutos depois. Marinho fez ótima jogada pela direita, driblando o zagueiro, e tocou para seu colega. Livre, ele chutou para gol e foi comemorar.

Apesar de não ter marcado, Marinho foi destaque na vitória do Santos (Photo by ANDRE PENNER/POOL/AFP via Getty Images)

O Boca Júniors ainda perdeu Fabra, que recebeu cartão vermelho direto, por pisar na barriga de Marinho após dividir a bola com ele. No final da partida, Kaio Jorge poderia ter ampliado o baile alvinegro, mas o goleiro Andrada defendeu bem sua finalização.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR MAIS DESTE TEMPO REAL

Para saber tudo da Libertadores, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top