Atlético-MG

“Apesar de não vencer, pelas circunstâncias, satisfatório”, diz Cuca sobre final

Tabu das multidões: América-MG venceu apenas uma partida contra Cuca

O Atlético joga a final do Campeonato Mineiro por dois resultados iguais. Ou seja, no próximo sábado, caso não perca o confronto contra o América, no Mineirão, será campeão mineiro. Para Cuca, diante de desgaste e toda situação do jogo deste domingo, no empate sem gols, no Independência, o resultado é satisfatório.

“Deu certo, eu tirei o Rever porque ele cansou e Dodô porque sentiu desconforto. Deu certo, deu tanto que a gente teve domínio no primeiro tempo, cinco ou seis oportunidades contra nenhuma. Rever, sendo terceiro zagueiro, saindo jogando, para ganhar o meio campo, o Hulk e Savarino foram bem marcados, mas o predomínio no primeiro tempo foi nosso. Quando tiramos o Rever e colocamos o Allan o jogo equilibrou. O América teve um início melhor (segundo tempo), mas o América não teve grandes chances até a gente ficar com um homem a menos. Com um a mais, dentro de toda situação, circunstâncias, desgaste, é natural que com um a menos, demos espaços. Não conseguimos encaixar um contra-ataque. Mas nossa recomposição foi boa, o América pressionou, buscou a bola de linha de fundo, acabou que o empate para nós, pelo montante da semana e partida, acabou sendo um bom resultado. A decisão será no Mineirão, no sábado, por dois resultados. Apesar de não vencer, pelas circunstâncias, é satisfatório”, observou.

Cuca fez opções diferentes do que vinha apresentando nos últimos jogos. Rever, por exemplo, entrou como volante e Arana ocupou um espaço no campo como se fosse Keno. O treinador atleticano explicou seus objetivos com as mudanças.

“São opções que tem, se o Hulk não estava conseguindo encaixar, tentamos pelo lado esquerdo, tentamos homem referência, tentamos encaixar na saída do jogo, colocamos a saída de jogo com Tardelli, Savarino. O que aconteceu… Trocou o Rever pelo Jair. É algo natural. O Réver jogou muitas partidas nessa função. O Arana fez um quarto homem pela esquerda. Formavam losango com Rever, Nacho, as coisas fluíram bem. Trocou-se o Rever pelo Jair e o Keno pelo Arana. Infelizmente ficamos com um a menos e aí tivemos que mudar a alteração”, finalizou.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top