Conmebol Libertadores

Após bater marca histórica, Gabigol exalta “geração fominha” e “melhor time da América”;

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

A vitória do Flamengo sobre a LDU, por 3×2, nesta terça-feira (04), teve Gabigol marcando duas vezes, batendo recorde e conduzindo o time na partida histórica. O Rubro Negro nunca havia vencido os três primeiros jogos da Libertadores e hoje, chegou a essa marca. O camisa 9 do Ninho reconheceu o grande feito e exaltou a equipe supercampeã, montada em 2019:

— Esse time aqui realmente é espetacular, eu não canso de dizer que é o melhor time da América. A gente sabe disso, mas também sabemos que a gente tem que fazer por merecer cada vitória. Então, vencer três partidas consecutivas, vencer na Argentina e agora mais esse recorde, é realmente espetacular. A gente está muito feliz, o staff está muito contente e espero que a torcida também curta essa geração, porque são todos muito fominhas e vamos querer sempre mais – afirmou Gabi.

Com a grande atuação de hoje, Gabriel Barbosa chegou ao seu 16º gol Libertadores e se tornou, ao lado de Zico, o maior artilheiro do Fla na competição. O atacante comemorou o marco e falou sobre seus próximos objetivos:

— Tento buscar no dia a dia, sempre estar melhorando, buscando coisas maiores. Hoje eu igualei o Zico, mas quero passar ele, aumentar a vantagem. Eu acho que é sempre assim, pensando nas marcas individuais, claro, mas também sei que o coletivo é sempre superior, porque eu sei que estou jogando com companheiros extraordinários – completou Gabigol.

Após vencer mais um jogo, Gabi valorizou o comandante Rogério Ceni e o resto do elenco que, segundo o jogador, é sempre superior aos outros times:

— Começa do nosso técnico, ter a coragem de botar um meio de campo com tanta qualidade. Se você parar para ver os gols de hoje, foram todos construídos desde lá de trás. O Flamengo joga para frente, o nosso treinador gosta disso, dá moral para a gente. Claro que a gente sofre gols, mas creio eu que com esse time que a gente joga, a gente tá muito mais perto da vitória do que o time adversário, então espero que continue assim, a gente vencendo os jogos com gols bonitos e jogando para frente.

O próximo jogo do Flamengo na Libertadores é no Chile, contra o Unión La Calera, e para o atacante, mesmo fora de casa, os chilenos é que terão problemas para bater o Rubro Negro:

— A gente tem mais jogos pela frente e o Flamengo, sempre que entra em campo, quer vencer. Então, se for possível vencer todos os jogos da fase, a gente vai em busca disso. Agora vamos até o Chile, onde a viagem é muito longa, o campo é sintético, mas creio eu que o problema é mais deles, de enfrentar o Flamengo – finalizou Gabigol.

O time carioca retorna ao Rio de Janeiro para se recuperar e enfrentar o Volta Redonda neste sábado (08), pelo segundo confronto da semifinal do Campeonato Carioca. Você acompanha todas as notícias do Flamengo aqui no Esporte News Mundo.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top