Botafogo

Após bloqueio de verbas, funcionários do Botafogo devem começar a receber salários atrasados até sexta-feira

Foto: Vítor Silva/Botafogo
— Continua depois da publicidade —

POR DAVID NASCIMENTO E JOÃO ALEXANDRE BORGES

O Sindicato dos Empregados em Clubes do Estado do Rio de Janeiro juntamente com o Ministério Público do Trabalho obtiveram o bloqueio de cerca de R$ 12 milhões para o pagamento de quatro meses de salários atrasados dos 450 empregados do Botafogo. Nesta quarta-feira, o alvará foi expedido pela Vara do Trabalho para que o Sindicato, com a fiscalização do MPT, efetue o pagamento desses salários. A reportagem do Esporte News Mundo apurou que a expectativa é de que o primeiro pagamento seja efetuado nesta sexta-feira.

O Esporte News Mundo apurou ainda que foi pedido o bloqueio de verbas suficientes para garantir o pagamento dos salários até enquanto durar a pandemia – a princípio até dezembro.

O Sindicato “deve indicar o valor total, observando-se o limite de 60 salários mínimos, nos termos do art. 7°, §1°, III, do Provimento Conjunto n° 1 de 2007 do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região.” Foi estabelecido ainda que o Sindicato deverá indicar a conta bancária “para o qual o valor deverá ser transferido, ficando ciente de que não será efetuada transferência para conta bancária de terceiros.”

No dia 20 de julho, o ENM já havia noticiado que a Juíza Cissa de Almeida Biasoli, da 75ª Vara do Trabalho do Rio do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TR-1) concedeu liminar determinando a penhora milionária do Botafogo. Na época, magistrada argumentou para acatar o pedido liminar “ante a natureza alimentar das verbas trabalhistas e o fundado receio de que não haja crédito suficiente para adimplir tais verbas quando do julgamento” do mérito do caso, posteriormente.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo