Futebol Internacional

Após choque de cabeça, Ronald Araújo, do Barcelona, é levado a hospital

Foto: LLUIS GENE/AFP via Getty Images

O zagueiro Ronald Araújo, do Barcelona, precisou sair de ambulância do Camp Nou após choque de cabeça com o seu companheiro de equipe Gavi, durante o segundo tempo da vitória por 3 a 1 sobre o Celta de Vigo, pela LaLiga. Em um lance de bola aérea no meio campo, os jogadores acabaram se encontrando e o defensor uruguaio levou a pior, ficando alguns segundos inconsciente. O atendimento a Araújo demorou cerca de sete minutos.

Logo após ter se chocado com Gavi, Araújo andou alguns metros, mas logo caiu sozinho no gramado. Os outros jogadores do sistema defensivo do Barcelona pediram rapidamente para o jogo ser paralisado. Neste momento, os profissionais do departamento médido do clube catalão entraram para o atendimento do jogador.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Após alguns segundos inconsciente, Ronald Araújo foi aos poucos se recuperando, mas o choque levou preocupação ao departamento médico do Barcelona. Por precaução, a ambulância do estádio foi solicitada para a retirada do zagueiro a um hospital mais próximo.

No total, o atendimento do jogador ainda no gramado demorou cerca de sete minutos. Inicialmente Araújo teve apenas o contato com os médicos do Barcelona, sendo depois colocado na ambulância. Os médicos tiveram algumas dificuldades para posicionar a maca que levava o jogador e chegaram a solicitar novamente a entrada do carrinho de atendimento. Pouco depois, os profissionais conseguiram colocar o jogador no veículo. Todos os acontecimentos foram acompanhados de perto e com muita preocupação pelos jogadores do Barcelona que estavam em campo.

De acordo com o comunicado oficial do clube catalão, Ronald Araújo teve uma concussão e foi levado ao hospital mais próximo do estádio para realizar alguns exames. Existe a expectativa de que o defensor de 23 anos passe a noite no hospital sob observação. Sem Araújo, o técnico Xavi Hernández optou pela entrada do francês Clemént Lenglet.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top