Grêmio

Após cirurgia, Ferreira para por no mínimo mais dois meses

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Ferreira não deve voltar aos gramados tão cedo pelo Grêmio. O camisa 10 do Tricolor passou por cirurgia na última quarta-feira (11), no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, para corrigir uma hérnia inguinal, e deve ficar de fora dos treinamentos por – pelo menos – dois meses.

Após uma série de polêmicas, entre versões de diferentes lados da história sobre a lesão, o Grêmio informou de maneira oficial que o jogador passou com sucesso pelo procedimento cirúrgico sob comando do médico Marcus Reusch, com acompanhamento do médico do clube, Dr. Paulo Robaldo.

Para saber tudo sobre o Campeonato Brasileiro Série B, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube!

Ferreira havia lesionado o adutor da coxa direita em fevereiro, desde então, conviveu com dores mesmo após o tratamento dos profissionais do Grêmio. Com a ineficácia desse processo, o atacante procurou um médico de fora do clube, que constatou a hérnia.

LEIA MAIS | Grêmio perde a primeira fora de casa e liga o alerta para não sair do G-4

A previsão é de que Ferreira só volte a atuar por volta do mês de julho, entre o final do primeiro e início do segundo turno do Brasileirão Série B.

Confira abaixo o boletim médico do Grêmio:

O Departamento Médico do Grêmio informa que o atleta Ferreira foi submetido, na manhã desta quarta-feira, 11, a uma cirurgia para correção de hérnia inguinal no Hospital Mãe de Deus. O procedimento foi realizado com sucesso pelo doutor Marcus Reusch, sem intercorrências e com acompanhamento do médico do Clube, Dr. Paulo Rabaldo. O tempo previsto para retorno total às atividades é de 8 semanas“.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top