Futebol

Após classificação histórica na Copinha, meia do Resende enaltece o trabalho das categorias de base do clube

Foto: Alexandre Neto / Resende

Pela primeira vez em sua história o Resende chega a terceira fase na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Para chegar lá, a equipe venceu o Fortaleza nos pênaltis, por 4 a 3 após o empate em 1 a 1 nos 90 minutos, nesta quarta-feira (12), no estádio Francisco Marques, em Suzano (SP).

Ao término da partida, o meia João Felipe, autor do gol do Resende no tempo regulamentar da partida, falou que a classificação para a próxima fase da competição é fruto de muito trabalho que o clube faz nas categorias de base. E, para ele, isso é só o começo.

– Procuramos evitar as faltas próximas da área, para neutralizar o jogo aéreo do Fortaleza, que é muito forte. Fora isso, sabíamos que teríamos pela frente um adversário bem difícil. Passar de fase significa um prêmio por tudo aquilo que a gente vem trabalhando em Resende. O clube cuida, investe e se preocupa, de verdade, com as categorias de base. O que aconteceu hoje, aqui, de forma histórica, é apenas o começo de muita coisa boa que tem para acontecer – disse o meio-campo João Felipe.

Depois do Resende ter inaugurado o placar aos 11 minutos do segundo tempo, o Fortaleza conseguiu aos 40 minutos, empatar com o Samuel, de pênalti.

De malas prontas

Goleiro, Pedro foi o herói da classificação inédita do Resende – Foto: Alexandre Neto / Resende

Com o placar igual, a partida se decidiu nas penalidades e o herói do Resende foi o goleiro Pedro, que defendeu três cobranças, sendo fundamental para a vitória por 4 a 3.

As boa atuações que o jovem vem fazendo a frente do gol do Resende chamaram a atenção e o arqueiro está de malas prontas para Portgual. Pedro foi  negociado ao Portimonense, clube da primeira divisão do futebol português, e embarca nos próximos dias para o novo desafio.

Ficha técnica

Escalação Resende: Pedro; Zé Carlos (16’/2° – Valter), Peixoto, Halls, Douglas; Índio,
Medina (25’/2° – Gustavo (44’/2° – Kaio)), João Felipe; Brendon, Léo Santos (00’/2° –
Bismarck) e Léo Pedro (25’/2° – Samuel). Técnico: Jefter Percy.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top