Ponte Preta

Após derrota diante do Cruzeiro, João Brigatti é demitido da Ponte Preta

João Brigatti não é mais treinador da Ponte Preta | Crédito: Álvaro Júnior / AA Ponte Preta
— Continua depois da publicidade —

João Brigatti não é mais treinador da Ponte Preta. O ex-goleiro foi comunicado do desligamento no fim da manhã desta sexta-feira após reunião com a diretoria executiva.

O comandante não sucumbiu à pressão depois de derrota diante do Cruzeiro por 3 a 0, na última quarta-feira, e não faz mais parte da comissão.

LEIA MAIS: Após cinco passagens pelo Majestoso, Renato Cajá reencontra a Ponte Preta

Oficializado em 20 de fevereiro após passagem de sucesso pelo Sampaio Corrêa, Brigatti dirigiu o time campineiro em 24 jogos entre Campeonato Paulista, Série B do Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, com 11 vitórias, cinco empates, oito derrotas e 52,7% de aproveitamento.

Neste período, conseguiu livrar a equipe do rebaixamento do Estadual após pausa em decorrência da pandemia e até avançou à semifinal, além de chegar à quarta fase da Copa do Brasil e tinha campanha constante nas primeiras colocações do torneio nacional por pontos corridos.

O mau futebol apresentado pela Alvinegra nos tropeços contra América-MG e Cruzeiro e a gestão de elenco teriam sido os fatores que culminaram na saída do profissional.

E AGORA?

Com João demitido, Fábio Moreno assume o comando para o duelo deste sábado, diante do Juventude, às 19h, no Estádio Moisés Lucarelli.

Esta será a segunda participação do coordenador técnico à beira do gramado – trabalhou no empate com a Ferroviária em 1 a 1, em fevereiro, após queda de Gilson Kleina.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top