Athletico

Após derrota, Lazaroni lamenta a ineficiência ofensiva da equipe

FOTO: GUSTAVO OLIVEIRA/ATHLETICO

Nesta segunda-feira (03) o Athletico perdeu para o Azuriz pelo placar de 1 a 0 no Estádio Os Pioneiros, confronto que foi válido pela 11ª rodada do Campeonato Paranaense, e perdeu a sua invencibilidade que já durava cinco partidas. Com a derrota, após ter sofrido um gol que gerou polêmica, o Furacão cai para a sétima posição na competição tendo somado apenas nove pontos em sete partidas até o momento.

Após a partida o técnico da equipe de aspirantes, Bruno Lazaroni, foi a coletiva de imprensa para analisar a partida feita por sua equipe, e por algumas decisões feitas pelo técnico antes mesmo da bola rolar. Como a escolha de utilizar o volante Jaime Alvarado como zagueiro, mesmo tendo jogadores que atuam nessa posição regularmente à disposição.

– Acho que o treinador tem que fazer escolhas né, a entrada do Alvarado foi para justamente dar um pouco mais de experiência ao setor, a última vez que nós utilizamos dois zagueiros tão jovens como na partida contra o Operário nós tivemos muitas dificuldades.

Sobre a maratona de jogos que o clube está tendo em meio ao Campeonato Paranaense e a Copa Sul-Americana o técnico comentou sobre alguns desfalques causados por conta do jogo contra o Melgar, que acontecerá nessa terça-feira (04).

– Eu vejo da seguinte maneira a equipe principal está disputando a Copa Sul-Americana, e sempre vai ter toda a prioridade e não poderia ser diferente. Nos últimos jogos que fomos bem sucedidos a gente teve a nossa disposição um zagueiro da equipe principal, e por conta de um jogo amanhã (04) pela Sul-Americana isso não foi possível e a gente entende perfeitamente, assim como o Denner, o Yago e o Khellven são jogadores que fazem parte do elenco de aspirantes, mas que também compõe o elenco principal.

Lazaroni também pediu a compreensão dos torcedores sobre o tamanho do elenco disponível que o clube tem nesse ano.

– Esse ano, tanto a equipe principal quanto os aspirantes estão com o elenco mais reduzido e essas coisas vão acontecer, a gente teve um jogo hoje, temos um jogo pela Sul-Americana amanhã e na quinta-feira teremos outra partida. Então infelizmente essas coisas acontecem e nós temos que achar soluções e a responsabilidade sempre vai ser minha.

Sobre as dificuldades ofensivas que a equipe vem apresentando nos últimos confrontos, o treinador da equipe de aspirantes atribuiu a um dia infeliz na parte técnica, por ter forçado muito o jogo pelo corredor central do campo e a falta de circulação da bola em velocidade, fato que foi dificultado pela qualidade do gramado, algo que o técnico fez questão de afirmar que isso não pode ser uma desculpa para a má atuação.

O Atheltico volta aos gramados fora de casa, na próxima terça-feira (4), às 21h30, contra o Melgar, em Lima, capital do Peru, pela 3ª rodada da Copa Sul-Americana. A equipe comandada por Bruno Lazaroni volta a disputar o Campeonato Paranaense na quinta-feira (06), às 17h30, em partida contra o Coritiba na Arena da Baixada.

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top