São Paulo

Após empate, São Paulo mantém tabu recente contra o Coxa no Morumbi

Após empate, São Paulo mantém tabu recente contra o Coxa no Morumbi
Reprodução/SPFC

O empate diante do Coritiba, por 1 a 1, deixou o São Paulo um pouco mais distante do título brasileiro. Embora ainda esteja na segunda colocação do campeonato, que está em sua 32ª rodada, o time segue em baixa depois de ter vencido a última partida em 26 de dezembro de 2020. Ou seja, o tricolor não triunfa há praticamente um mês. Para piorar, o retrospecto recente diante do Coxa, jogando no Morumbi, não tem sido dos mais animadores.

É bem verdade que o time paranaense disputou a Série B do Campeonato Brasileiro nas temporadas de 2018 e 2019, mas mesmo assim os números recentes jogam a seu favor. Pelo Brasileirão de 2017, o Coxa derrotou o tricolor no Morumbi pelo placar de 2 a 1. Naquela oportunidade, Carleto e Filigrana foram às redes. Em 2016, novo empate, dessa vez por 0 a 0.

Para ser mais exato, a última vitória do São Paulo diante do Coritiba no Morumbi aconteceu em julho de 2015. À época comandado por Juan Carlos Osorio, o tricolor bateu o Coxa pelo placar de 2 a 1 no Brasileirão daquele ano. Centurión e Pato marcaram para os donos da casa. Marcos Aurélio descontou para os paranaenses.

Inter e Flamengo na briga

O frustrante empate diante do Coritiba deixou o São Paulo em uma situação semelhante à vivida pelo Flamengo. Com 55 pontos em 30 jogos, o rubro-negro carioca vem de duas vitórias na competição e, caso derrote o Athletico-PR fora de casa, ultrapassará o Tricolor Paulista na tabela pelo número de vitórias. Vale lembrar que o Fla também tem um jogo a menos em relação ao time do Morumbi.

Atual líder do torneio, com 59 pontos em 31 jogos, o Internacional de Abel Braga vive fase iluminada. Depois de golear o São Paulo por 5 a 1 na capital paulista, o time recebe o Grêmio, no Beira-Rio, para espantar o tabu diante do maior rival.

Para saber tudo sobre o São Paulo, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook!

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top