Vasco

Após nova derrota do Vasco, Grasseli fala em instabilidade e avalia transição de trabalho para Sá Pinto: ‘Teremos direção’

Grasseli agora fará parte da comissão técnica de Ricardo Sá Pinto (Foto: Reprodução/Vasco TV)
— Continua depois da publicidade —

Após um primeiro tempo ruim, o Vasco saiu para o intervalo perdendo por 2 a 0 para o Inter, no Beira-Rio. O time até melhorou nos últimos 45 minutos, mas não o suficiente para marcar e buscar o empate e acabou chegando ao seu oitavo jogo sem vitória. Não foi a primeira vez que o Vasco teve dois tempos muito distintos dentro da mesma partida. O técnico interino Alexandre Grasseli falou sobre esse momento da equipe e sua expectativa para o começo do trabalho do português Ricardo Sá Pinto:

– Instabilidade é natural nesse momento de transição, extremamente natural. Uma semana e três dias é muito pouco para qualquer treinador. Na função que exerci pude observar muitos pontos positivos, muitos pontos que podemos melhorar. É um grupo que se supera. É um grupo que tem pontos importantes principalmente no que se refere a lideranças positivas. Com a nova equipe, chefiadas pelo Mister Ricardo, teremos com certeza uma estabilidade maior. Não vai ser da noite para o dia, futebol não se faz assim. Mas com o nosso apoio, com o comando dele, nós teremos uma direção, uma ideia de jogo, padrão, uma forma do Vasco se comportar. Aí sim acredito que vai diminuir consideravelmente a instabilidade que estamos vivendo – afirmou Grasseli, em entrevista coletiva, antes de falar sobre o que sentiu da chegada de Sá Pinto:

– Energia que o Mister chegou é impressionante, pode ter certeza que contagiou a todos, do presidente a nós que estamos em campo, e tenho certeza que essa vontade de fazer bem feito aqui, essa vontade de desenvolver um grande trabalho, nós teremos uma reação positiva dentro daquilo que nós sabemos que o Vasco pode responder dentro de campo com vitória.

Perguntado sobre a partida deste domingo e a transição para Ricardo Sá Pinto começar o seu trabalho, Grasseli elogiou o segundo tempo do Vasco no jogo do Beira-Rio.

– É uma análise que tem sido feita pela equipe técnica que está fazendo a transição, com o comando do Mister. Tenho certeza absoluta que foi um primeiro tempo do Inter e um segundo tempo do Vasco por tudo aquilo que o jogo mostrou. Foi um primeiro tempo do Inter com gol e um segundo tempo do Vasco sem gols. Mostra que essa equipe pode reagir, principalmente no momento que se encontra. Nós temos a função e a obrigação de contribuir com essa transição e assim o faremos – finalizou o interino que agora fará parte da comissão técnica do português Ricardo Sá Pinto.

Parado nos 18 pontos, o Vasco caiu para a 13ª colocação. Na próxima quarta-feira, às 21h30, o Cruz-Maltino encara o Corinthians, em São Januário.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top