Flamengo

Arrascaeta e Everton Ribeiro desequilibram e números mostram que Flamengo depende da dupla em campo

Gerson, Arrascaeta e Everton Ribeiro - Flamengo (Foto: DOLORES OCHOA/POOL/AFP via Getty Images)

Cinquenta e nove dias. Esse foi tempo que a torcida do Flamengo ficou sem ver a dupla Arrascaeta e Everton Ribeiro começando uma partida pelo Flamengo. Desde o dia 22 de setembro, quando o Flamengo enfrentou o Barcelona de Guayaquil, no Equador, foram 17 jogos com nove vitórias, quatro derrotas e quatro empates. Desde lá, o clube foi eliminado da Copa do Brasil, trocou de treinador e foi goleado três vezes.

Os números não mentem, existe uma dependência do time rubro-negro. Na atual edição do Brasileirão, os dois jogaram juntos em apenas dez partidas e o time teve um aproveitamento de 73,3%. Sem, pelo menos, um dos dois craques, são 12 jogos e apenas 47,2%.

Volta ao antigo posicionamento

Na partida contra o Coritiba, o treinador Rogério Ceni fez questão de indicar que a dupla voltaria a jogar da mesma maneira que jogavam com o português Jorge Jesus. Cada um ocupou uma ala do campo e teve a liberdade para armar as jogadas de ataque.

O posicionamento deu resultado, Arrascaeta saiu de campo com uma assistencia e um gol. É verdade, que o Uruguaio poderia ter tido um aproveitamento ainda melhor, se não fosse pelas inumeras chances perdidas pelo time.

Temporada 2020

Na atual temporada, o camisa 10 da seleção uruguaia anotou oito gols e oito assistências em 33 partidas disputadas. Em 2019, foram 18 gols em 52 jogos, média um pouco superior a dessa temporada.

Do outro do lado do campo, o camisa 7 da Gávea está tendo um ano de artilheiro. Com 39 partidas disputadas pelo Flamengo, o capitão do time marcou oito gols, numero maior que da última temporada, quando disputou 62 jogos e marcou apenas seis vezes.

Quarteto mágico

É bom lembrar que o quarteto composto por Gabigol, Arrascaeta, Everton Ribeiro e Bruno Henrique não atua junto desde a partida contra o Grêmio, pela quarta rodada do Brasileirão.

Juntos, os quatro jogadores marcaram 103 dos 153 gols do Flamengo em 2019. Na atual temporada, foram 22 gols marcados em 11 jogos com um média de dois gols por jogo em que aturam juntos. Sem eles, a média do time cai para 1,97 gol por jogo, foram 35 jogos com 69 gols marcados.

Com a volta de Arrascaeta e Everton Ribeiro, falta apenas o retorno de Gabigol para completar a formação ofensiva ideal. O técnico Rogerio Ceni, após a partida contra o Coritiba deu indícios que o artilheiro do Flamengo em 2019 pode estar de volta na partida contra o Racing, pela Libertadores.

– O Gabriel vai ser relacionado para a partida, ele viaja amanhã com a gente.

O Flamengo viaja nesse domingo para Buenos Aires, onde enfrenta o Racing. A partida de ida das oitavas de final da Libertadores acontece na terça-feira, às 21h30 (horário de Brasília). O jogo de volta está marcado para uma semana depois, no dia 01 de dezembro, no Maracanã, no mesmo horário.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top