Eliminatórias Copa do Mundo

Arthur Cabral ressalta sua evolução na Europa e diz que quer “causar melhor impressão possível”

Arthur Cabral
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Convocado nos instantes finais, Arthur Cabral se apresentou nesta semana para sua primeira experiência com a Seleção Brasileira. O centroavante foi chamado para ocupar o lugar de Matheus Cunha, lesionado. Em suas primeiras palavras com a camisa do Brasil, nesta terça-feira (5), o atacante ressaltou sua evolução na Europa e a vontade de causar uma boa impressão em Tite.

Para ficar por dentro de tudo que acontece na Seleção Brasileira, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

– O maior objetivo é tentar causa a melhor impressão possível, dando meu melhor nos treinamentos e no dia-a-dia. Para quem está sendo convocado pela primeira vez o objetivo é sentir o gostinho de ser convocado de novo. Este é o meu maior foco hoje – disse Arthur Cabral.

– Eu acredito que estou preparado para o que acontecer. Sou um centroavante de área. Se em algum momento o Tite precisar de um centroavante de área, com as minhas características, estarei preparado para dar o meu melhor e ajudar da melhor maneira possível dentro de campo – disse.

O centroavante se transferiu para o Basel, da Suíça, em 2019. Desde então, Arthur Cabral se destacou no futebol suíço, com 20 gols em 17 jogos na atual temporada. Em sua primeira coletiva de imprensa na Seleção Brasileira, o jogador ressaltou a experiência na Europa e revelou admiração por Ronaldo.

LEIA MAIS SOBRE SELEÇÃO BRASILEIRA

+Tite realiza convocação para Data Fifa em outubro; confira os nomes

+Matheus Cunha tem lesão na coxa e é desconvocado da Seleção Brasileira

+Arthur Cabral é convocado pela Seleção Brasileira para lugar de Matheus Cunha

+Com dupla cidadania, Raphinha revela contatos da Seleção Italiana, mas ressalta: ‘Meu foco era estar aqui’

– Acredito que evoluí muito na Europa, principalmente na questão tática. Sou muito jovem, cheguei na Europa com 21 anos, então acredito que estou em um processo de evolução. Como costumo sempre dizer, busco sempre evolução. Se hoje sou melhor do que fui no passado, ano que vem quero ser melhor do que fui hoje. Acredito que na Europa pude aprender muita coisa. Valorizam muito a parte técnica, tática. No futebol suíço ainda mais. Essas questões me ajudaram muito a sentir esse gostinho de vestir a camisa da Seleção – comentou Arthur Cabral.

– O Ronaldo Fenômeno, com certeza (foi o jogador que mais o inspirou na Seleção Brasileira). É uma referência desde quando eu era criança. Desde que eu comecei a entender futebol sempre me inspirei muito nele. Nem imaginava que seria centroavante e tinha ele como uma grande referência – revelou o centroavante.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top