Outros clubes

Artilheiro do Cuiabá, Maxwell exalta retrospecto e revela sonho de jogar a Série A

Maxwell é o quinto maior artilheiro do Brasil em 2020, com 9 gols em 9 partidas (Foto: AssCom Dourado)

Nove gols em nove jogos. Este é o retrospecto do atacante Maxwell em 2020 com a camisa do Cuiabá. Artilheiro do clube na temporada e também do Campeonato Mato-Grossense, o alagoano de 25 anos briga pela artilharia do Brasil, junto com nomes como Gabriel Barbosa, do Flamengo, Nenê, do Fluminense, e Tiago Orobó, que deixou o América de Natal rumo ao Fortaleza.

Revelado pelo CRB, Maxwell conta com passagens pelo Red Bull Brasil, Tupi e ABC. Porém, foi no Resende, time do Sul do Rio de Janeiro, onde atraiu a atenção dos holofotes. Em 2019, ele foi peça crucial no elenco semifinalista da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca, e marcou sete gols, antes de deixar o Alvinegro do Vale rumo Kalmar FF, da Primeira Divisão da Suécia.

“Tive um excelente 2019, que me levou para a Suécia e um retorno para o Brasil em 2020, por motivos familiares. Hoje, vivo um momento melhor ainda no Cuiabá, brigando pela artilharia do Brasil, até o momento da paralisação. Isso tudo é fruto de muito trabalho, dedicação e muita fé em Deus. Quando botamos Deus na frente, tudo sempre vai dar certo”, disse o atacante.

Maxwell, artilheiro do Cuiabá em 2020 (Foto: AssCom Dourado)

A paralisação do futebol brasileiro pela pandemia causada pelo COVID-19 freou o bom momento do artilheiro do Cuiabá. Porém, isso não impediu que Maxwell mantesse uma rotina de treinos caseira, em prol de manter o condicionamento físico.

“Na quarentena eu treino em casa sempre, desde o início da paralisação eu continuei treinando. Estou de volta a Cuiabá e nós (atletas) estamos treinando por vídeochamada todos os dias com o monitoramento da comissão técnica”, revelou Maxwell, que completou dando a sua opinião sobre o possível retorno do futebol, que ainda não tem data para acontecer.

“O futebol tem que voltar, claro que sempre seguindo as recomendações de precaução por conta do vírus, seguindo a instruções. Porque a nossa saúde é o mais importante agora, porém (o futebol) tem que voltar”

Maxwell em ação contra o Mixto (Foto: AssCom Dourado)

Enquanto a bola não volta a rolar nos gramados brasileiros e, principalmente, mato-grossenses, Maxwell vislumbra os objetivos traçados no início da temporada. Ele reforça a manutenção do exímio desempenho pelo Dourado e revela um grande sonho de infância.

“Os objetivos continuam os mesmos do começo da temporada: continuar fazendo um grande trabalho aqui no Cuiabá, conquistar os objetivos do clube junto com meus companheiros e claro, os objetivos pessoais também, para que eu possa seguir buscando meu espaço no futebol e quem sabe jogar uma Série A (do Campeonato Brasileiro), que é um sonho de criança, que quase se tornou realidade ano passado, porém tudo acontece no tempo de Deus”, destacou.

Até a paralisação, o Cuiabá liderava o Campeonato Mato-Grossense com 21 pontos em nove partidas. Para 2020, o clube disputará a Série B do Campeonato Brasileiro pelo segundo ano consecutivo.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top