Futebol Internacional

Atacante colombiano diz que gostaria de ter ficado no Atlético de Madrid e lançará álbum religioso

seleção colombiana colombia 2014
Seleção Colombiana na Copa do Mundo de 2014 (Foto: EITAN ABRAMOVICH/AFP via Getty Images)

Parte de uma geração colombiana rica em bons jogadores e que fez boa campanha na Copa do Mundo de 2014, até ser eliminada pelo Brasil, Jackson Martínez não conseguiu se manter no topo do futebol mundial. Atualmente sem clube, o colombiano revelou que gostaria de ter permanecido no Atlético de Madrid, em 2016, ao invés de sair para o Guangzhou Evergrande, da China. 

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter Facebook.

-Eu gostaria de ter ficado, mas há coisas que não se controlam. Enquanto as pessoas envolvidas não dão uma explicação verdadeira, não vou dar detalhes. Não me parece necessário falar sobre isso – disse o atacante de 34 anos ao programa ‘Vamos’, do canal de televisão ‘Movistar’, da Espanha.

– Não tive nenhum tipo de problema com Simeone. Eu pedi para ele me dar chances e falei que responderia em campo. Mas as coisas não saíram do jeito que eu gostaria – completou.

Jackson Martínez foi revelado pelo Independiente de Medellín, da Colômbia, passou pelo Chiapas, do México, antes de chegar ao Porto, em 2012. Em Portugal, uma excelente média de gols: 92 em 136 jogos, até 2015, antes de rumar aos Colchoneros na Espanha. Depois da passagem pela China, retornou ao futebol português para jogar no Portimonense, em 2018.

Agora, sem clube, o colombiano disse que vai apostar em sua vertente musical e irá lançar um álbum de canções religiosas:

– Num momento crítico da minha carreira, quando fiz duas cirurgias que me fizeram ficar dois anos fora de combate, me dediquei um pouco mais a escrever e tomei a decisão de lançar um álbum.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top