Futebol Internacional

Atacante do Tottenham decide, e Holanda estreia na Liga das Nações com vitória sobre a Polônia

Foto: Divulgação/KNVB
— Continua depois da publicidade —

Vice-campeã da última edição da Liga das Nações, a Holanda estreou na competição com o pé direito. Nesta sexta-feira, em Amsterdã, a seleção holandesa confirmou o favoritismo e derrotou a Polônia por 1 a 0. Destaque para Steven Bergwijn, atacante do Tottenham que marcou seu primeiro gol com a camisa da Laranja.

SITUAÇÃO NO GRUPO 1

Com a vitória na primeira rodada, a Holanda assume a liderança do Grupo 1 de forma isolada, com três pontos. Já a Polônia, ainda zerada, fica na lanterna. No outro jogo do grupo, Itália e Bósnia empataram em 1 a 1.

O JOGO

Há mais de nove meses sem entrar em campo, as duas seleções sentiram a falta de ritmo no primeiro tempo. Jogando em casa, a Holanda teve mais posse de bola, dominou as ações do jogo, mas não conseguiu ser efetiva nas poucas chances criadas. No lance de mais perigo, Frankie De Jong acertou a trave de Szczesny. Apostando nos contra-ataques e sem Lewandowski, a Polônia melhorou a partir da metade da etapa inicial, mas deu apenas um chute ao gol de Cillessen.

De Jong teve a melhor chance do primeiro tempo, mas parou na trave (Foto: Divulgação/OnsOrange)

Na volta do intervalo, a superioridade holandesa se tornou mais evidente e foi transformada em vantagem no placar. Aos 15 minutos, em uma boa jogada coletiva, o atacante Bergwijn recebeu passe de Hateboer e só teve o trabalho de mandar para o fundo do gol. Atrás do marcador, a Polônia não conseguiu reagir e seguiu com dificuldades de criar. Melhor para a Holanda, que só precisou administrar o resultado para garantir a vitória e os três pontos.

GRANDE FASE SE MANTÉM

Após os dois últimos vexames (não ter se classificado para a Eurocopa 2016 e a Copa do Mundo 2018), a Holanda continua dando provas que já superou a crise. Além de ter chegado à final da Liga das Nações em 2019, a seleção não sofreu para garantir vaga na Eurocopa e está invicta há sete jogos. A última derrota foi há mais de um ano, justamente para Portugal na decisão da Liga das Nações. Desde então, foram um empate e seis vitórias, incluindo uma sobre a Alemanha, por 4 a 2.

CHANCE PARA O INTERINO

Lodeweges fez sua estreia como técnico principal (Foto: Divulgação/KNVB)

A partida também representou a estreia de Dwight Lodeweges no comando da seleção holandesa. O treinador, de 62 anos, era assistente-técnico até a saída de Ronald Koeman para o Barcelona e assumiu de forma interina para as duas primeiras rodadas da Liga das Nações. Em comunicado oficial em meados de agosto, a KNVB (Real Associação de Futebol dos Países Baixos) anunciou que estava na procura por um substituto de Koeman. Será que a solução será caseira?

PRÓXIMOS JOGOS

As duas seleções voltam a campo na próxima segunda-feira, às 15h45. Enquanto a Polônia visita a Bósnia e Herzegovina, a Holanda recebe a Itália, no confronto entre as duas favoritas do Grupo 1.

Siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo