Corinthians

Atacantes são oferecidos ao Corinthians, mas diretoria do clube recusa negociações

Diretoria do Corinthians prioriza a redução de custos para 2021. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians.

Sem nenhuma contratação até agora em 2021 e com dificuldades no ataque, o Corinthians já rejeitou pelo menos cinco ofertas de negociações por atacantes. O corte de gastos promovido pela diretoria é um dos principais motivos das recusas.

De acordo com o site “ge”, empresários estiveram em contato com o clube nas últimas semanas com propostas que desagradaram a cúpula do Timão. A norma para este momento é que, se houver contratações, elas devem ser certeiras e evitar apostas que possam dar errado.

Segundo o veículo, um dos jogadores oferecidos foi o artilheiro do Paulistão, Bruno Mezenga. O jogador formado pelo Flamengo tem oito gols na competição, mas, aos 32 anos, não é visto como uma opção que agrade a diretoria do Corinthians.

Nomes de jogadores estrangeiros, como os argentinos Nicolás Blandi, do Colo-Colo, e Jerónimo Barrales, do Asteras Tripolis, da Grécia, também foram levados à mesa de diretores do Timão, mas não convenceram e nem chegaram a abrir negociação.

Nicolás Blandi, campeão da Libertadores em 2014, foi um dos nomes oferecidos ao Corinthians. Foto: Sebastian Ordenes/Colo-Colo.

+ Corinthians confirma Tarcísio Pugliese como novo técnico do sub-20

+ Mancini explica situação de Fessin no Corinthians e deixa futuro em aberto

Cristián Arango, que pertence ao Millonarios, foi outro jogador oferecido ao clube. No entanto, o time colombiano tem pretensão de vender o atleta em definitivo, enquanto seus representantes procuram uma liberação por empréstimo para o Corinthians.

Por fim, o nome do paraguaio Fernando Fernandez, que fez um dos gols do Guaraní na eliminação do Corinthians na primeira fase da Libertadores no ano passado, também chegou à diretoria do Corinthians, que também preferiu não seguir com o negócio.

Há pouco mais de uma semana, o gerente de futebol, Alessandro, afirmou em entrevista coletiva que a prioridade do Corinthians nesse ano não será em contratações, mas na afirmação de garotos das categorias de base.

– Temos quase 40 atletas no grupo, quase metade da base. Entendemos a ansiedade do torcedor, temos seguranças nas nossas decisões. Tomamos elas em conjunto, sempre em benefício do Corinthians – disse o ex-lateral.

As principais movimentações do Corinthians neste momento são em torno da renovação dos contratos de Rómulo Otero e de Jemerson, que vencem no meio do ano. A última contratação que o clube fez foi Jonathan Cafú, em novembro de 2020, que já deixou o clube após passagem apagada.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top